Para o Senado, o Datafolha continua trazendo um cenário embolado na disputa para o Senado pelo Rio de Janeiro, Cesar Maia (DEM), Flávio Bolsonaro (PSL) e Lindbergh Farias (PT) aparecem empatados tecnicamente, mas com o ex-prefeito do Rio aparecendo em 1º, com 26%, em viés de alta tendo ganho 2 pontos percentuais. Flávio Bolsonaro, oscilou para baixo 1 p.p., enquanto Lindbergh subiu 1 p.p.

Na comparação com o último levantamento sobre a disputa, realizado na semana passada, o candidato do DEM e o petista oscilaram positivamente (tinham 24% e 21%, respectivamente), e o candidato do PSL oscilou negativamente (tinha 26%).

Na sequência aparecem Chico Alencar (PSOL), com 14%, Miro Teixeira (Rede), com 11%, Arolde de Oliveira (PSD), com 9%, Pastor Everaldo (PSC) com 6%, José Bonifacio (PDT), com 5%, Aspasia (PSDB) e Eduardo Lopes (PRB), ambos com (4%), Mattos Nascimento (PRTB), com 3%, Cyro Garcia (PSTU), com 3%, e Marta Barçante (PCB), Samanta Guedes (PSTU) e Fernando Fagundes Ribeiro (PCO), com 1% cada. Os candidatos Walter Cristie Silva Aguiar (PATRI) e Gabrielle Burcchi (PMB) não pontuaram.

Uma parcela de 15% pretende votar nulo para a primeira vaga para o Senado, e 23%, para a segunda. Ainda não sabem em quem votar para a primeira vaga 9%, e 17% estão indecisos sobre a escolha para a segunda vaga.

Para este levantamento foram entrevistados 1.414 eleitores em 39 cidades do Rio de Janeiro. A margem de erro para o total da amostra é de três pontos percentuais para mais ou para menos. A pesquisa foi encomendada pela Folha de S.Paulo e pela TV Globo, e está registrada no TSE com o número RJ-00977/2018. O nível de confiança é de 95%.

1 COMENTÁRIO

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui