O mesmo Datafolha que mostra Eduardo Paes isolado em 1º, traz um resultado inesperado para os especialista, Cesar Maia (DEM) subiu 3 pontos e foi para 21%, eram 18% há 15 dias, e abriu vantagem sobre Lindbergh Farias (PT) que se manteve com 18% e sobre Flávio Bolsonaro (PSL) que caiu 1 ponto e foi para 17%. Era pule de 10 que Flávio já teria se descolado desse grupo e a disputada seria pela 2ª vaga, parece não ser bem isso.



Chico Alencar (PSol) caiu de 17% para 14%, mas ainda está tecnicamente empatado com Lindbergh e Bolsonaro. Miro Teixeira (REDE) também aparece empatado com os 3 candidatos, com 12%.

O resultado ficou assim:

  • Cesar Maia (DEM) – 21%
  • Lindbergh Farias (PT) – 18%
  • Flávio Bolsonaro (PSL) – 17%
  • Chico Alencar (PSol) – 14%
  • Miro Teixeira (REDE) – 12%
  • Pastor Everaldo (PSC) – 6%
  • Arolde de Oliveira (PSD) – 6%
  • Cyro Garcia (PSTU) – 5%
  • Mattos Nascimento (PRTB) – 3%
  • José Bonifácio (PDT) – 3%
  • Aspásia Camargo (PSDB) – 3%
  • Eduardo Lopes (PRB) – 3%
  • Marta Barçante (PCB) – 2%
  • Fernando Fagundes Ribeiro (PCO) – 1 %
  • Samantha Guedes (PSTU) – 1 %
  • Gabriele Burci (PMB) – 1 %
  • Branco/Nulo – 24%
  • Não sabe – 9%

A pesquisa foi registrada no TSE com o número RJ 06668/2018 e encomendada pela TV Globo em parceria com o jornal Folha de S.Paulo. A pesquisa tem margem de erro de 3 pontos percentuais para mais ou para menos, com 1.357 eleitores em 35 municípios, com 16 anos ou mais, entre 4 a 6 de setembro. O nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral, considerando a margem de erro.


Tudo sobre as eleições 2018 no Rio de Janeiro

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui