No dia 27 de fevereiro de 2009, Dom Orani João Tempesta foi nomeado Arcebispo
Metropolitano de São Sebastião do Rio de Janeiro. Em 26 de fevereiro de 1997, São
João Paulo II o nomeou Bispo de São José do Rio Preto e em 13 de outubro de 2004 foi
nomeado Arcebispo de Belém do Pará.

Criado Cardeal em 22 de fevereiro de 2014 pelo Papa Francisco, Dom Orani, apesar de
ter chegado a mais alta dignidade Eclesiástica, estando abaixo apenas do Santo Papa,
continuou sua vida de simplicidade, amor ao próximo, proximidade dos mais humildes
e Evangelização. Dom Orani fala, o povo Católico entende e o entendendo o ama.

Impressiona conviver com o Cardeal Dom Orani Tempesta. Como autor do livro “O
Cardeal de Todos” a ser lançado este ano, tão logo a pandemia arrefeça, pude estar
próximo dele muitas vezes e comprovar o quão querido ele é.

A imagem antiga e convenhamos, ainda cultuada por alguns membros do Episcopado e
do Cardinalato, de distância das pessoas, de acenos de sacadas inacessíveis e de uma
realeza que destoa do que ensinou Jesus, é algo que não existe quando falamos de Dom
Orani Tempesta. Dar alimento aos pobres, cobertores a quem tem frio, conforto a quem
está desesperado, amparo a quem está desamparado são atitudes naturais do Arcebispo e Cardeal Tempesta. Com trânsito e respeito nos mais altos escalões da República, Dom
Orani gosta mesmo é de estar com o povo simples.

Nesta Pandemia ele não parou. Tão logo as autoridades permitiram os cultos religiosos,
lá vai Dom Orani com sua máscara para estar com as pessoas. Claramente o
distanciamento social não permite os abraços e manifestações de carinho do povo, mas
mesmo assim, um ou outro não resiste chega perto, pede um benção, uma foto e é
atendido.

A máscara não é um incômodo, não impede o sorriso carinhoso de Dom Orani que sorri
com os olhos de Pai e Pastor.

Ao completar 12 anos de Arcebispado no Rio de Janeiro, mais importante Arquidiocese do País, Dom Orani João Tempesta completa na verdade os mesmos anos de Brasil. É
um Cardeal e estimado País afora. O coração do povo não conhece geografia ou
jurisdição territorial canônica quando o Arcebispo em questão é Dom Orani Tempesta.
O amor dos Católicos por ele independe de fronteiras. Seu coração gigantesco e
generoso tem lugar para todos e em todos os Católicos do Brasil há um espaço
reservado para Dom Orani, Arcebispo do Rio de Janeiro, Cardeal de todo o Brasil,
reserva moral e patrimônio nacional. Sua benção meu amado Cardeal.



Toda manhã o resumo do Rio de Janeiro

Dauro Machado
Jornalista, especialista em assessoramento e cerimonial público, Bacharel em Direito, publicitário e Radialista. Também tem formação em Assessoria de Imprensa e relações institucionais, além de editor de jornais, livros, revistas e outras publicações

1 COMENTÁRIO

  1. Com esta invasao do virus asiatico, tentei de varias formas, se meu Cardeal querido, que me Crismou, estava bem de saude. Orei e o tive em meus pensamentos.
    Mas meu Jesus Cristo e bom e misericordioso.
    O nosso Cardeal , nao perdeu a simplicidade e compaixao com ninguem, dos tempos de mosteiro.
    A Santissima Trindade o conserve sempre assim.
    Sinto que so falta um posto a ele: o Papado.
    Parabens meu Cardeal.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui