Demolição de ferro-velho de assassinos de perito acontece nesta segunda-feira

A operação está marcada para às 10 horas da manhã; a Secretaria de Ordem Pública realiza a ação em parceria com outros órgãos

Foto: Henrique Coelho

Nesta segunda-feira, (23/05), às 10h, está marcada a demolição do ferro-velho clandestino de Lourival Ferreira de Lima, um dos quatro presos pelo assassinato do papiloscopista Renato Couto. O ferro-velho fica na Praça da Bandeira, próximo ao prédio do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) e a Escola Nacional do Circo.

O ferro-velho ficou conhecido após o assassinato de Renato Couto. Renato foi assassinado após uma ida até o ferro-velho para reclamar sobre o furto de material de uma obra que estava realizando na Praça da Bandeira, material este que teria sido receptado por Lourival.

A Secretaria de Ordem Pública (Seop) é quem organiza a ação, juntamente com o apoio da Secretaria de Conservação, Guarda Municipal, Light, Águas do Rio, Comlurb e da 18ª DP (Praça da Bandeira), que investiga o caso.

Na terça-feira passada, (17/05), a Comlurb realizou a retirada de todo o material dentro do local para sua demolição.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui