A deputada estadual Dani Monteiro comanda nesta segunda-feira, 18/11, a partir das 11h da manhã, audiência pública sobre “Cultura como fator de Desenvolvimento Socioeconômico da Juventude”. O evento deve reunir jovens das diversas regiões do estado, pesquisadores, movimentos sociais e órgãos públicos das esferas estadual e municipal.

O encontro, em conjunto com a Comissão de Cultura, será realizado na sala 316 do Palácio Tiradentes.

À frente da Comissão Especial da Juventude, a parlamentar pretende discutir alternativas e projetos que possibilitem combater o alto índice de desemprego entre os jovens. Vale lembrar que, do total de desempregados no Brasil, 32% são jovens, ou seja, o desemprego entre quem tem de 18 a 24 anos é superior ao dobro da taxa geral, segundo o IBGE.

“É inegável o desalento que assola essa expressiva faixa etária da população fluminense. A audiência é um espaço privilegiado em que discutiremos alternativas possíveis que provoquem um desvio dessa realidade nefasta que é a falta de ocupação. Não basta chamar de nem nem, tem de oferecer alternativas de ocupação. O poder público precisa intervir e criar condições, por exemplo, para que os jovens toquem seus próprios projetos, sejam as rodas de rima, sejam os bailes funk, sejam os grafismos, enfim, no que eles eles se expressam culturalmente”, afirma a deputada de 28 anos, a mais jovem mulher negra a conquistar um mandato na Alerj.

“Temos de considerar e proteger o trabalho dos artistas de rua, aqueles que estão por metrôs, trens, barcas e ônibus, além dos produtores culturais que também ocupam – ou tentam ocupar – espaços públicos. É preciso criar mecanismos que fortaleçam essas redes de trabalho informal, dando a elas um caráter legal”, defende ela.

1 COMENTÁRIO

  1. Sabe. Fico imaginando que eu seria um bom parlamentar.
    Devia ter andado e bajulado algumas pessoas, distribuído tapinhas nas costas de todo mundo, a fim de construir um futuro político.
    Certamente, representaria o interesse público melhor do que muito parlamentar mequetrefe.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui