Uma das estátuas negras no BioParque (Foto: Reprodução/TV Globo)

Um pedido feito pela deputada federal Taília Petrone (PSOL-RJ) solicita a retirada de estátuas de pessoas negras expostas no espaço savana africana, no BioParque, antigo Jardim Zoológico do Rio, na Zona Norte da cidade.

A parlamentar alega que o monumento junto aos animais é ofensivo e constrói analogias com o exótico e a animalização, segundo informou o portal G1.

A deputada também afirma que as obras remetem a situações vergonhosas do passado, quando crianças e adultos negros eram expostos em apresentações sem dignidade.

Em nota, o BioParque , que atualmente administra a área, afirmou que vai reavaliar o material.

Diante das ponderações levantadas, o BioParque do Rio avaliará a revisão do material temático na representação do continente Africano e reiteramos nosso compromisso com a sociedade e com o público que nos visita para que a experiência seja de aprendizado e respeito“.

Atualização

No fim desta segunda-feira (06/09), o Bioparque atualizou a situação do pedido da deputada, informando que vai retirar as estátuas e revisar o material temático na representação do continente africano.

Confira a íntegra do comunicado:


O BioParque do Rio tem um propósito genuíno que contextualiza diversos ecossistemas, com o destaque para pilares da conservação através de projetos de pesquisa e educação que está sendo demonstrado em um novo conceito de zoológico, em um ambiente cultural que reflete na sustentabilidade em sentido amplo.

O ambiente Savana Africana é um dos espaços imersivos que busca trazer a representação daquele continente, com elementos que configuram os aspectos culturais desta região, representando as suas tribos locais.

Diante da ponderação levantada, o Bioparque do Rio retirou as estátuas do ambiente e revisará o material temático na representação do continente Africano. Reiteramos nosso compromisso com a sociedade e com o público que nos visita para que a experiência seja de aprendizado e respeito

5 COMENTÁRIOS

  1. Pois que coloquem estátuas representando pessoas brancas e um aviso de que, por solicitação da citada política, negros devem ser ignorados em seus próprios continentes onde predominam.

  2. Deputada, vá trabalhar! Pagamos muito caro para você ficar de brincadeira sem graça com o tempo do povo. O Estado do RJ está cheio de problemas do mundo real para você tentar ajudar a resolver, tá? De inutilidades a ALERJ já está cheia!

  3. Tem um pessoa vergo retardado – como essa deputada, ou vereadora, não sei, nem quero saber – que daqui a pouco vai querer proibir livros de contarem a História, obras literárias, peças de teatro, filmes e séries de retratar o passado…
    Às vezes mesmo se do progressista penso que esse pessoal merecia mesmo o que Bolsonaro quer que é dar um golpe.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui