Imagem meramentre ilustrativa - Foto: Reprodução/TV Globo

O deputado estadual Rodrigo Amorim (PSL) informou nessa sexta-feira ao governador Cláudio Castro sobre a existência de 13 leitos de UTI da prefeitura de Cantagalo, na Região Serrana do Estado do Rio. A denúncia anônima foi feita ao deputado pelo WhatsApp do mandato, com várias fotos (anexas) revelando os leitos não ativados.

“Não temos detalhes do motivo pelo qual os leitos estavam parados. Mas é um momento de pandemia, de ajuda mútua, e se uma pessoa apenas do Rio de Janeiro morresse na fila enquanto esses leitos estivessem vazios, já seria motivo para prisão dos responsáveis, fossem quais fossem. O governador decidiu atender prontamente a nossa denúncia recebida, mostrando que está cem por cento focado na gestão da crise. Hoje, dentre todos os governadores do país, o Cláudio Castro parece ser o que melhor entendeu a necessidade de ter três frentes: a de manter a economia funcionando de forma segura, a de buscar vacinas e a de criar vagas hospitalares. O governador não politiza a tragédia, diferentemente do que fez a esquerda a semana inteira na Alerj”, diz Amorim.

Segundo Amorim, o governador já teria determinado à Secretaria de Saúde do estado que assumisse a gestão do impasse.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui