O deputado Márcio Pacheco (PSC) Foto: LG Soares / Divulgação / Alerj

O deputado estadual Marcio Pacheco (PSC), partido do governador afastado Wilson Witzel, apresentou um Projeto de Lei na Assembleia Legislativa do RJ (Alerj) para que a Bíblia se torne patrimônio cultural e imaterial do Estado do Rio de Janeiro.



Toda manhã o resumo do Rio de Janeiro

O deputado justifica a medida, afirmando que a Bíblia é muito importante porque “muda vidas“.

Quem ouve a mensagem da Bíblia tem uma escolha: rejeitá-la e viver como se não é verdade, ou aceitá-la e viver de acordo com seu ensino. A mensagem da Bíblia é para todo o mundo e milhões de pessoas foram transformadas por ela“.

O deputado alega que na que Constituição Federal , no artigo 216 diz “Constituem patrimônio brasileiro os bens de natureza material e imaterial, tomados individualmente ou em conjunto, portadores de referência à identidade, à ação, à memória dos diferentes grupos formadores da sociedade brasileira”.

O parlamentar conclui afirmando que o proposta visa a “preservação da identidade cultural da população“.

Confira a íntegra do Projeto de Lei apresentado pelo deputado Marcio Pacheco.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui