Pedro II pode ser fechado

Parlamentares do estado do Rio de Janeiro na Câmara Federal prepararam um documento pedindo a abertura de um gabinete de crise para acompanhar o caos no sistema de Saúde municipal da capital.

A iniciativa é de Jandira Feghali (PCdoB). Marcelo Freixo (PSOL), Pedro Paulo (DEM), Benedita da Silva (PT), Alexandre Serfiotis (PSD) e Chico D’Angelo (PDT) assinaram o documento, direcionado ao presidente da Câmara do Deputados, Rodrigo Maia.

A assinatura dos deputados

O grupo deve reunir representantes do Ministério da Saúde, das secretarias municipal e estadual de Saúde, além do Conselho Municipal de Saúde e a Fundação Oswaldo Cruz. A participação de parlamentares dos Legislativos estadual e municipal será proposta.

O prefeito Marcelo Crivella, que chegou a dizer que a greve na saúde é “abusiva”, se manifestou pedindo ajuda ao governo federal para conter a crise.

O DIÁRIO DO RIO publicou, recentemente, uma matéria sobre a perda de investimentos na saúde do Rio de Janeiro, causada por má gestão de Marcelo Crivella.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui