Vereador Marcos Paulo e protetora Solange Passos

Antes habitada por cerca de 80 gatos, a Associação Atlética Light, no bairro do Grajaú, Zona Norte da cidade do Rio, agora conta com apenas 12 animais. A constatação foi feita pelo vereador Dr. Marcos Paulo (Psol), que visitou o local nesta quarta-feira, 27/07, e acionou a Secretaria Municipal de Proteção e Defesa dos Animais (SMPDA).

Segundo a protetora Solange Passos, que acompanhou a ação, em março do ano passado, o clube estava fechado por conta da pandemia e a partir desse momento, os protetores perceberam o gradativo desaparecimento dos gatos, inclusive com a proibição de que continuassem alimentando os animais.

Impedir a alimentação de animais comunitários ou em situação de rua é ilegal. A lei 6851/2021 de autoria do vereador Dr. Marcos Paulo foi sancionada este ano e prevê multa para quem a descumprir.

“Nosso mandato já notificou a Associação e agora viemos pessoalmente para garantir a segurança dos animais. A alimentação de animais que vivem em situação de rua ou em colônias é assegurada por lei e isso deve ser respeitado. Acionamos a Secretaria para que eles possam fazer a castração dos bichos, os exames para averiguar se existe surto de alguma zoonose e também a vacinação, que é fundamental para prevenir doenças”, afirmou o vereador Dr. Marcos Paulo, que é presidente da Comissão de Saúde Animal da Câmara de Vereadores.

Para denunciar casos de maus-tratos na cidade do Rio de Janeiro, a população pode telefonar para o 1746 da Prefeitura do Rio, para o Disque Denúncia (2253-1177) ou para a Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente (2202-0066).

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui