De acordo com dados fornecidos pelo portal Alexa, o DIÁRIO DO RIO está entre os 100 mil sites mais lidos do mundo. Dos jornais independentes ligados ao Rio de Janeiro, o DIÁRIO é o mais visualizado.

Isso não se dá à toa. Desde de dezembro do ano passado, o DIÁRIO DO RIO se tornou o jornal 100% carioca, aumentando a equipe, passando a ter uma redação própria e a cada dia que passa, os resultados são notados.

“A profissionalização do DIÁRIO DO RIO é o principal fator para esse expressivo número alcançando. O jornal, que começou como blog no qual só eu escrevia, tem hoje uma ótima equipe”, destaca Quintino Gomes Freire, editor chefe do DIÁRIO.

A nova equipe do Diário do Rio – sentado Quintino Gomes Freire, da esquerda para direita: Ivana Lutebark, Felipe Lucena, Raphael Fernandes, Gabriel Subtil, Altair Alves, Juju Taborda e Flu Ferreira

A redação do DIÁRIO DO RIO, embora não tão grande, conta com profissionais do jornalismo, do audiovisual, das mídias digitais, artes gráficas e colunistas gabaritados em suas respectivas áreas de atuação.

“O fato de ser um veículo com anos de história e de ter um conteúdo segmentado (embora muito amplo) ajuda muito neste grande número de acessos. Talvez um caminho para a crise no jornalismo seja esse: direcionar seu conteúdo a um público específico, que é como a internet costuma funcionar em quase tudo”, conta o diretor de redação Felipe Lucena.

Para a diretora administrativa do DIÁRIO DO RIO, Bruna Castro, outros grandes resultados estão por vir: “O investimento na sede, na equipe e outras ações que estamos realizando só tendem a levar o DIÁRIO para um caminho de ainda mais sucesso e realizações positivas”.

Ilustração da futura sede do Diário do Rio, no Arco do Teles

Recentemente, o DIÁRIO DO RIO passou a fazer parte da Associação Nacional dos Jornais (ANJ), se solidificando ainda mais como um dos sites referência sobre o Rio de Janeiro.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui