Interior do Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro - Foto: Reprodução

Foi aprovada na Câmara Municipal do Rio de Janeiro o projeto de lei n°1656/2019, de autoria do vereador Tarcísio Motta (PSOL), que determina que as gratuidades e ingressos com benefícios de meia-entrada para jogos e eventos nos estádios localizados no município deverão ter condições de retirada e venda equivalentes às dos ingressos normais.

Atualmente, o direito à gratuidade e à meia-entrada dão dor de cabeça para os torcedores já que a retirada de seus ingressos é feita de forma restrita, em dias específicos, com horários e locais determinados.

“Essas restrições acabam dificultando que os torcedores tenham seu direito garantido. E se é um direito, é fundamental que haja condições de igualdade na retirada dos ingressos”, diz Tarcísio Motta.

A lei aguarda a sanção do prefeito Eduardo Paes.

1 COMENTÁRIO

  1. Ao invés de acabarem com essa lei anti-econômica, os ignorantes do PSOL querem é mais intervenção pública no setor privado… uma vergonha

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui