Foto: Divulgação/Prefeitura do Rio

Direito de Resposta concedido pelo DIÁRIODO RIO a Secretaria Municipal de Educação.O DIÁRIO DO RIO concede direito de resposta a todos os candidatos que assim requisitarem.

No domingo, dia 4/10, em matéria assinada por Quintino Gomes Freire (que segue abaixo), o site do DIÁRIO DO RIO publica uma série de mentiras proferidas pelo candidato Eduardo Paes em um vídeo sem ter ouvido o outro lado de quem está sendo vítima das falsas afirmações, como manda a boa prática do jornalismo. Por favor, solicitamos direito de resposta, que enviaremos abaixo, pontuando cada inverdade dita pelo ex-prefeito, que deixou uma dívida de R$ 5 bilhões para a atual gestão pagar, em um ato de grande irresponsabilidade que tantos danos causou à população carioca – que teve de pagar essa conta injusta.

Segue o link da reportagem no DIÁRIO DO RIO para a qual pedimos DIREITO DE RESPOSTA 

*MENTIRA DITA PELO PAES E PUBLICADA PELO SITE* 

“No vídeo diz Paes diz que a Prefeitura do Rio fechou as escolas em março e, até agora (4/10), não apresentou nenhum plano de volta às aulas. Ele continua dizendo que a atual gestão não fez nenhum esforço para que as crianças das escolas públicas pudessem ter acesso a algum tipo de ensino mesmo com as escolas fechadas. E, por causa do descaso de Crivella com a educação, a desigualdade que já era grande entre as escolas públicas e as particulares, ficou ainda pior”. 

*A VERDADE* 

A SME oferece diversos recursos para os alunos da Rede Municipal de Ensino continuarem estudando durante a pandemia e não há razão para haver diferenças no ensino. A Secretaria Municipal de Educação, desde a suspensão das aulas presenciais, em março, implementa medidas para a continuidade do vínculo do aluno com a rotina escolar. Desenvolveu a plataforma de ensino SME Carioca 2020, que já conta com mais de 6,7 milhões de acessos; ampliou o ensino das disciplinas do currículo escolar no programa Escola.Rio (que vai ao ar na TV aberta pelos canais Band e TV Escola); oferece acesso gratuito à plataforma de estudos Microsoft Teams; disponibiliza pacote de dados de internet gratuitos para os alunos acessarem todos os materiais do aplicativo Escola.Rio, da plataforma SME Carioca 2020 e produtos da Multirio; elabora Material de Complementação Escolar e Material de Interação e Práticas Infantis, com disponibilização de blocos impressos. Além disso, o Instituto Municipal Helena Antipoff também promoveu a adaptação dos materiais impressos para os alunos públicos-alvo da Educação Especial. 

*OUTRA MENTIRA DITA PELO PAES E PUBLICADA PELO SITE* 

“Para Paes, o descaso da atual Prefeitura com a educação não é de hoje e não tem relação apenas com a pandemias. Que das 60 mil vagas em creche e pré-escola prometidas por Crivella em 2016, praticamente nenhuma foi criada”. 

*A VERDADE* 

Estão matriculados nas creches próprias e conveniadas da Prefeitura do Rio um total de 81.180 alunos. Detalhe: no ano passado, a Secretaria Municipal de Educação fez uma série de mutirões, em parceria com a Defensoria Pública, em diferentes regiões da cidade e matriculou 100% DAS CRIANÇAS que se dirigiram aos locais de inscrições, garantindo vagas para todas as crianças que compareceram. A atual gestão já criou mais de 8 mil novas vagas em creches na cidade e acrescentou 40 unidades parceiras, aumentando para 201 o número de instituições conveniadas. O VALOR PAGO POR CRIANÇA NESSAS CRECHES CONVENIADAS MAIS QUE DOBROU NA GESTÃO DO prefeito Marcelo Crivella. O atual Prefeito publicou decreto, no início de setembro de 2019, AUMENTANDO PARA R$ 650 o VALOR POR CRIANÇA repassado, mensalmente, a essas creches conveniadas. ANTES, com Paes na Prefeitura, as creches conveniadas RECEBIAM na gestão passada R$ 300 por criança e nenhuma instituição queria mais atender os alunos e os pequenos estavam ficando sem atendimento. 

*OUTRA MENTIRA DITA PELO PAES E PUBLICADA PELO SITE* 

 “E em outra parte, o ex-prefeito comenta que crianças e professores vivem expostos ao confronto armado e às balas perdidas, apesar da pouca relação disto com a administração municipal. E diz que a Prefeitura nunca tomou nenhuma medida efetiva para evitar isso”. 

*A VERDADE* 

A Segurança Pública é responsabilidade do Governo do Estado e o ex-prefeito sabe disso muito bem. O nível de vandalismo e invasões a escolas municipais caiu cerca de 40% na atual gestão, que criou um protocolo de segurança bem sucedido chamado Acesso Mais Seguro, uma parceria da Secretaria Municipal de Educação com a Cruz Vermelha Internacional. 

*OUTRA MENTIRA DITA PELO PAES E PUBLICADA PELO SITE* 

Eduardo Paes cita que a qualidade ensino piorou muito, e que até falam em voltar com a aprovação automática, a gestão de Crivella teria falado. E que durante a sua gestão, o resultado dos estudantes no IDEB aumentou deu um salto de 4,5 para 5,6, um aumento de 25%. Enquanto nos últimos 4 anos, oscilou de 5,6 para 5,8. 

*A VERDADE* 

Escolas da Prefeitura do Rio têm melhor desempenho no Ideb em todo o Estado. Maior nota é da Escola Municipal Professora Didia Machado Fortes, com 8,2 nos anos iniciais. Já entre os alunos dos anos finais, o destaque é a Escola Municipal Rodrigues Alves. A Prefeitura do Rio, por meio da Secretaria Municipal de Educação, comemora os bons resultados no Ideb de diversas escolas: seja entre os alunos dos anos iniciais (até o 5º) ou dos finais (até o 9º) do Ensino Fundamental, as unidades da Rede Municipal de Ensino carioca obtiveram as melhores notas do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) 2019 em todo o Estado do Rio de Janeiro. Nas séries iniciais, o melhor desempenho foi da Municipal Professora Didia Machado Fortes, na Barra da Tijuca, que teve 8,2 de nota média – superando significativamente a meta da unidade, que era 7,0. Já nos anos finais, o destaque foi a Escola Municipal Rodrigues Alves, também localizada na Barra. A nota foi 7,4 – muito superior à meta projetada (5,2). 

A Didia Machado Fortes não foi a única Escola da Rede Municipal com ótima avaliação no Ideb nos anos iniciais do Ensino Fundamental. A Escola Municipal Friedenreich (nota 7,8), no Maracanã, e a Escola Municipal Roberto Burle Marx (nota 7,7), em Jacarepaguá, estão entre as dez mais bem avaliadas do Estado.  

As 13 mais bem avaliadas da Rede Municipal nos anos iniciais tiveram nota superior a 7,0. Além das já citadas acima, também se destacaram: Escola Municipal Dom Meinrado, em Campo Grande – nota 7,5; Escola Municipal Ayrton Senna Da Silva, em Bangu – 7,5; Escola Municipal João de Deus, na Penha Circular – nota 7,4; Escola Municipal J. Carlos, em Irajá – 7,2; Escola Municipal Alberto Barth, no Flamengo – 7,2; Escola Municipal Adlai Stevenson, em Irajá – nota 7,2; Escola Municipal Suíça, na Penha Circular – nota 7,1; Escola Municipal Benedito Ottoni, no Maracanã – nota 7,1; Escola Municipal Sérvulo de Lima, em Piedade – nota 7,1; e Escola Municipal Padre José De Anchieta, em Jardim Guanabara, nota 7,1. 

Destaque na Região Sudeste

Além de melhor avaliada do Estado do Rio de Janeiro entre alunos dos anos finais do Ensino Fundamental, a Escola Municipal Rodrigues Alves, com média de 7,4, tem a segunda melhor nota de toda a Região Sudeste do Brasil, sendo superada apenas pelos Colégios Militares de Belo Horizonte e Juiz de Fora, ambos com média 7,5 (ou seja, apenas 0,1 acima da obtida pelos alunos da Rodrigues Alves).

*SOBRE ESTA PROPOSTA DITA PELO PAES E PUBLICADA PELO SITE*

“– Vamos contratar 500 professores e voltar a fazer concurso. Fazer o que estamos chamando de 2 anos em 1, já olhando para o momento em que as aulas voltarem – disse Paes, referindo-se ao programa de ensino “2 anos em 1” para recuperar o nível de aprendizagem dos alunos nas escolas, que foi prejudicado com a pandemia do coronavírus”.

*A VERDADE*

Enquanto Eduardo Paes fala em contratar 500 professores, desde o início da gestão do prefeito Marcelo Crivella, em 2017, foram empossados 7.029 profissionais da Rede Municipal de Ensino, sendo destes 5.303 professores e 1.726 profissionais de apoio. Além disso, também fazem parte do time de colaboradores da SME mais 356 Agentes Educadores, 1.360 Agentes de Apoio à Educação Especial, entre outros.

1 COMENTÁRIO

  1. O Crivella conseguiu ser o Pior Prefeito que o Rio já teve, se não tem competência não se candidata, ele acabou com a Saúde, a Educação está uma bagunça, nada na prefeitura funciona , não reajustou o funcionalismo como a Lei manda, não pagou aos professores o prêmio por metas de 2016 e ainda quer se reeleger é muita cara de pau e ainda teve os Guardiões e o Qg da propina que está sendo investigado Crivella nem pra Síndico de Prédio.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui