Do excesso de publicidade do Governo do Estado

sergio-cabral Nunca gostei de governo fazendo publicidade, é uma relação ruim para a imprensa em especial. É difícil crer na isenção quando nos seus intervalos aparece a propaganda da nova estação de esgoto ou das obras do Teatro Municipal. Soma-se que é um gasto absurdo para algo, na prática, inútil para a maioria dos cidadãos.

 

Escuto muita rádio e recentemente observei que há um spot que o Governo do Estado paga para elogiar o Maracanã, é uma música, que todos já escutamos (Que para é)  e se paga por este um minuto de publicidade. E para que? Para falar da reforma do estádio e no final da música… precisa? Ainda há uma propaganda na Tv para dizer o que já fez o governo por você. É claro que se houvesse um click para cada coisinha que aparece veríamos que não é bem assim.

O custo de cada uma destas propagandas é um absurdo, é um dinheiro inteiramente mal gasto. Uma coisa seriam propagandas de interesse público, use o cinto de segurança, jogue lixo no lixo e ainda assim acho um excesso, especialmente em um período de crise.

 

Mas não acho que Cabral e outros estejam preocupados em economizar especialmente com seus indíces de popularidade tão baixo e com eleições cada vez mais próximas.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui