Porto de Itaguaí (Foto: Reprodução Internet)

Segundo informou o portal Diário do Porto, a Companhia Docas do Rio de Janeiro (CDRJ), responsável por administrar os portos de Angra dos Reis, Itaguaí, Niterói e da própria Capital Fluminense, quer um novo terminal de armazenagem e abastecimento de diesel marítimo. A Companhia publicou um Edital de Chamamento Público nº 01/2021, para que os interessados apresentem seus estudos para a construção do complexo. A instalação está prevista para a Ilha do Braço Forte, na Baía de Guanabara.

As propostas podem ser feitas por pessoas físicas ou jurídicas, sem quaisquer ônus, encargos ou condições à companhia e à Administração Pública, e serão utilizadas como base para o futuro procedimento licitatório. Caso o interessado deseje visitar a ilha, deverá providenciar meios de transporte próprios e a Docas do Rio indicará um representante para acompanhar a visita, em dia e horário pré-agendado.

O período para inscrição será de 30 dias. Após o encerramento do prazo, a Docas do Rio informará em até cinco dias úteis a quantidade de empresas que se manifestaram, sem divulgar nomes das pessoas e/ou empresas.

As imagens da área podem ser vistas no site de Docas, em “chamamento público

Docas do RJ tem lucro de quase R$ 1 bilhão em 2019

A Docas apresentou um lucro de R$ 947,8 milhões no exercício do ano de 2019. O valor representa um enorme avanço no desempenho financeiro da empresa, conquistado com a melhoria das práticas de gestão, incluindo a implementação das recomendações dos Conselhos, Auditoria Interna e Órgãos de Controle, tais como controle de gastos e criteriosa análise gerencial de Fluxo de Caixa e Contas a Receber.

Originalmente divulgadas em abril de 2019, as demonstrações contábeis referentes a 31 de dezembro de 2018, foram reapresentadas, visando uma melhor reflexão das operações da CDRJ.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui