BioParque do Rio - Foto: Cleomir Tavares/Diário do Rio

Neste final de semana, equipes do Grupamento de Operações Especiais (GOE) da Guarda Municipal detiveram dois homens atuando como cambistas no entorno do BioParque, na Quinta da Boa Vista, em São Cristóvão. Nos dois casos, os homens foram flagrados enquanto ofereciam ingressos da atração para frequentadores.

No sábado (14/08), o homem detido pelo GOE estava com sete ingressos. Após o flagrante ele foi conduzido para a 17ª DP (São Cristóvão), onde os ingressos ficaram apreendidos e a ocorrência foi registrada como crime contra a economia popular (lei nº 1.521/51).

Já no domingo (15/08), outro homem foi detido quando tentava vender dois convites. Ele estava ainda com R$ 150,00. Após o flagrante, também foi levado para a 17ª DP. Ainda durante a ação foram apreendidos diversos coletes irregulares.

No último dia 30, policiais civis da 17ª DP (São Cristóvão), com apoio de agentes da Delegacia do Consumidor (Decon), prenderam em flagrante 18 cambistas pelos crimes contra a economia popular e associação criminosa. A ação foi parte da Operação Tessera para coibir a venda irregular de ingressos do BioParque.

Conforme o DIARIO DO RIO já havia denunciado, a venda de ingressos para o parque, disponível apenas online, atraiu a atenção de cambistas, que compravam ingressos no site e agiam diariamente em frente ao local vendendo os tíquetes de entrada por valores mais altos.

Desde o início deste mês, a Guarda Municipal do Rio reforçou o patrulhamento na Quinta da Boa Vista com a implantação de uma base móvel no interior do parque, que funciona em um micro-ônibus, localizado na área interna, próximo ao largo e perto do BioParque. Ela serve de apoio operacional para os efetivos que já atuam no local e também pode receber denúncias da população relacionadas a desordens urbanas e de trânsito.

A GM-Rio atua tanto no interior quanto na área externa da Quinta da Boa Vista, com efetivos de diversas unidades operacionais, como as inspetorias e os grupamentos especiais de Trânsito, Operações Especiais e Tático Móvel, com foco na proteção do patrimônio público e fiscalização das posturas municipais, auxílio aos visitantes do parque e também coerção a delitos, quando flagrados pelos agentes.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui