Para nós Cristãos, os dons e talentos que cada um de nós recebeu, recebeu de Deus. E Deus vem comprovando tal coisa ao longo da trajetória da humanidade na terra. Existiram e existirão sempre as pessoas que fizeram a diferença em suas atitudes, que são respeitadas e serão lembradas para sempre. E não estamos aqui a falar daqueles que alcançaram a santidade canônica, estamos aqui a falar deles também, porém de pessoas que através de suas profissões defendem o que é mais valioso aos olhos de Deus: A vida.

De forma específica falo nesta coluna da Médica Pneumologista e pesquisadora da Fundação Instituto Oswaldo Cruz. Nascida no Espírito Santo mas radicada no Rio de Janeiro onde figura dentre as mais relevantes personalidades do mundo acadêmico e da medicina, Dra. Margareth tem sido uma fonte confiável nos tempos tão sombrios impostos por esta terrível pandemia de Covid-19. Cientista de renome mundial, Margareth Dalcolmo integra dezenas de grupos de cientistas que mundo afora usam a inteligência que Deus os deu para combater e vencer o novo Coronavírus, inimigo invisível que já infectou mais de 4 milhões de brasileiros e ceifou mais de 120 mil vidas. Agora, Dra. Margareth em parceria com cientistas da Austrália avalia as ações da vacina BCG, de mandatória nas crianças do Brasil, como uma das chances de melhores prognósticos contra a Covid-19.

Com contatos no mundo todo, sem receito de falar a verdade, esta Capixaba que fala o que pensa para seus clientes, para seus alunos já que é professora, para a imprensa que constantemente a entrevista é um patrimônio nacional e dela devemos nor orgulhar.

Deus acima de tudo quer a verdade e a ciência é uma verdade reconhecida pela própria Igreja que usa os médicos por exemplo para avaliar os milagres que investiga. Margareth Dalcolmo desde o início da pandemia em março foi prevendo acertadamente tudo que estaria por vir. Não teríamos vacina este ano, a cloroquina cientificamente para a COVID-19 tem o mesmo valor que água com açúcar, os Governantes brasileiros estavam politizando uma questão cientifica e o alto preço em vida seria cobrado. Onde ela errou? Em nenhuma de suas previsões.

Esta grande médica alerta com todas as letras e forma indiscutível que a vacina virá no ano que vem e que sem ela não há saída para a volta a normalidade. Dalcolmo é dura em suas críticas no famigerado movimento anti vacina que impõe as crianças sem chance de escolha o não uso dos imunizantes sujeitando-as a morrer de doenças banais. O movimento anti vacina diz Margareth Dalcolmo é um movimento criminoso e o supremo mandatário da nação, Sr. Jair Bolsonaro deve, ante a tantas tolices já por ele faladas, incentivar o uso da vacina quanto esta estiver disponível .

Deus certamente deu a Margareth Dalcolmo seu talento para a ciência, devemos por isso agradecer a ele por, além de ter dado tanto conhecimento a esta grande mulher, a esta grande cientista, deu a ela o Brasil como Pátria.

Deus quer que façamos a nossa parte e para fazer a nossa parte ele nos apresenta pessoas que nos apontam os rumos, Margareth Dalcomo é uma delas. Nossa grande cientista aponta-nos o caminho, sigamos o que ela nos aconselha.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui