Reprodução: Internet

O terreiro de umbanda Tenda Espírita Maria Conga e Caboclo Boiadeiro foi queimado e depredado, nesta quinta-feira (28/01), em Saracuruna, Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. O babalawo Ivanir dos Santos postou em sua rede social que a Tenda foi invadida por um homem que diz ter recebido ordem de seu pastor para quebrar “todos os demônios que encontrasse pela frente”. A dirigente do terreiro, Maria Antônia dos Santos e suas filhas estavam no local e denunciaram o criminoso, que foi detido.

“A cada novo caso de intolerância religiosa percebemos a fragilidade do sistema de punição de pessoas que atentam contra os povos de matriz africana. O caso está sendo encaminhado para a DECRADI (Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância)”, disse Ivanir dos Santos em seu perfil no Facebook.

2 COMENTÁRIOS

  1. Tem que ter segurança armado nos terreiros de umbanda para evitar intolerancia religiosa.
    Crente evangelico tem que tomar muita porrada para deixar de ser intolerante e passar a respeitar as religiões. Quando passarmos a explodir as igrejas deles e matar os pastores, ai vão parar com a intolerancia. Porque depender da policia e sa justiça conivente com o erro, não tem resolvido muito.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui