Imagem de inspirexpressmiami por Pixabay

Fazendo a lista,
Passando a limpo,
Os grandes amigos,
as pessoas que eu amava
e as que nem sabem meu sobreviver,

Estou anotando todos os sonhos
que eu tinha, na foto e no espelho
de agora, mas não há mentiras que
eu condenava, meu poeta querido.

Não acredito que na lista
algum deles ainda me amam,
Minha lista é dos amores que 
eu jamais vou esquecer,
pelo menos os anotados.

Faço a lista dos beijos
que me deram e 
dos amores que desisti de sonhar.

Quantas pessoas que você amava,
acredita que ainda pensam
em você, quisera poder vê-los
todos os dias?

Os amigos e amores eu continuo
não os jogando fora.
Pelo menos os que lembrei
de coloca-los na lista,
Porém é segredo
guardado
a sete chaves,
dentro do lado
canhoto do
Peito.

(D.R. Rio, 11/2020)

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui