E isso é política de segurança?

Governador Sergio Cabral Um amigo me enviou a Agenda do Governador Sergio Cabral hoje, e veja só, basicamente é entrega de viaturas policiais:

Agenda do Governador
Segunda-feira, 2 de março de 2009
9h30 – Solenidade de Entrega de Viaturas à Secretaria de Administração Penitenciária
Local: Jardim de Inverno – Palácio Guanabara
Endereço: Rua Pinheiro Machado, s/nº, Laranjeiras
16h – Solenidade de Entrega de 77 Viaturas à Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro
Local: Jardim de Inverno – Palácio Guanabara
Endereço: Rua Pinheiro Machado, s/nº, Laranjeiras

Em nada difere do que os Garotinhos fizeram, confundir política de segurança pública com o uso de carros. E basicamente para não ter gasolina e para não ter manutenção (fonte de corrupção, desvio de peças, etc), inclusive uma das promessas aplaudidas de Cabral seria a terceirização dos veículos.

 

Até agora a única coisa concreta apresentada por Cabral em Segurança Pública foi o fim do tiroteio em uma comunidade, Dona Marta, que conta hoje com 120 policiais para cerca de 4 500, ou seja, 1 policial para 37,5 habitantes. A taxa em Nova Iorque é de 1 para cada 120, e no Rio de Janeiro a média é de 1 para cada 375 pessoas. Para termos uma taxa idêntica ao do Dona Marta precisaríamos de 160 mil PMs só na cidade do Rio para o policiamento ostensivo. Hoje o estado inteiro tem 40 mil policiais, incluindo o trabalho interno, banda, entrando em aposentadoria, etc… Para chegar ao número do Dona Marta precisaríamos aumentar em apenas 10 vezes o número de PMs.

E se continuarmos por aí, Dona Marta é uma comunidade simples de controlar, tem apenas uma entrada e saída de carro. Ou seja, se botar um homem ali já resolveu metade do problema, o que mostra a dificuldade de fazer o mesmo na Cidade de Deus ou o exemplo, ou melhor, mau exemplo do Complexo do Alemão que ficaram por poucas semanas e saíram para o retorno da violência.

 

Essa doação de veículos me lembra o que Garotinho e a consorte fizeram várias vezes, adquiriam os veículos e botavam todos para dar voltas pela cidade com as luzes ligadas… é, não difere muito do Cabral.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here