Edifício Joseph Gire, também conhecido como Edifício A Noite - Foto: Diogo Vasconcellos de Almeida

No dia 04 de junho de 2019, você leu aqui no DIÁRIO DO RIO que o famoso Edifício A Noite, localizado na Praça Mauá, Zona Portuária do Rio de Janeiro, seria vendido pelo Governo Federal. Pois bem, mais de 1 ano depois, finalmente isso deve acontecer. Avaliado em cerca de R$ 90 milhões atualmente, o histórico prédio deve ir a leilão em agosto.

Inaugurado em 1929, sendo o primeiro arranha-céu da América do Sul, o Edifício Joseph Gire (seu nome oficial) tem 28 mil metros quadrados. São 102 metros de altura e 6 elevadores. Hoje tomado por tapumes e com aspecto de abandono, o local já abrigou o estúdio da Rádio Nacional e recebeu, por anos, grandes nomes como Cauby Peixoto, Dalva de Oliveira, Emilinha Borba e Francisco Alves. Em maio de 2015, o DIÁRIO DO RIO contou a história do empreendimento.

Edifício A Noite, ao fundo, com vista para a Praça Mauá, o Museu do Amanhã e a Baía de Guanabara – Foto: Reprodução/TV Globo

O leilão do Edifício A Noite será permitido devido a uma lei federal sancionada em junho, que permite a venda de patrimônios públicos mal aproveitados. Segundo o Governo Federal, o prédio tem um custo de manutenção mensal de cerca de R$ 300 mil. Ainda não há, no entanto, uma data exata para que o leilão aconteça.



Siga nossas redes e assine nossa newsletter, de graça

Jornalismo sério, voltado ao Rio de Janeiro. Com sua redação e colunistas, o DIÁRIO DO RIO trabalha para sempre levar o melhor conteúdo para os leitores do site, espectadores dos nossos programas audiovisuais e ouvintes dos nossos podcasts. O jornal 100% carioca faz a diferença.

3 COMENTÁRIOS

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui