Região da Avenida Atlântica, em Copacabana - Foto: Reprodução/Internet

Durante anos, o número 2.692 da Avenida Atlântica, uma das casas mais famosas do Rio de Janeiro, localizada em frente à Praia de Copacabana, na Zona Sul, abrigou um imóvel conhecido como ”Casa de Pedra”, que acabou sendo demolida em outubro de 2013.

Pois bem, vazio desde então, o terreno recebe um luxuoso edifício, intitulado de Atlântico Bait. Mostrando como o mercado imobiliário carioca vive um cenário positivo, a construtura Bait vendeu as 50 unidades do Atlântico em apenas 3 dias.

Com o Valor Geral de Vendas (VGV), ou seja, a soma do valor de todos os apartamentos juntos, em R$125,6 milhões, os apartamentos foram comprados apenas por pessoas físicas. Parte desses apartamentos, 15% deles, foram adquiridos por estrangeiros, que aproveitaram a desvalorização do câmbio para investir nos imóveis.

Segundo o executivo Anderson Martins, do grupo Sérgio Castro Imóveis, o sucesso de vendas dos apartamentos no Atlântico Bait já era previsto.

”Antes mesmo de anunciarmos a tabela oficial de preços, já tínhamos um movimento muito grande de clientes querendo reservar e conhecer os detalhes do empreendimento. O excelente desempenho se deve à localização privilegiada do edifício, condições de pagamento, lazer completo, tecnologia, segurança, beleza e sofisticação. Além do fato da construtora Bait já ser reconhecida por seus projetos de elegância”, disse Anderson.

A tendência é que o empreendimento fique pronto no segundo semestre de 2022.

16 COMENTÁRIOS

  1. Parabéns pelo projeto e pela persistência de concluírem o sonho em realidade.
    Assisti a Live do lançamento, Copacabana merece modernidade.Sou corretora e nesse momento vc foram campeões.

  2. Pelo menos um edifício novo graças a Deus. Ninguém aguenta mais tanto prédio velho na zona Sul. Prédios sem manutenção adequada, apartamentos toda hora pegando fogo por causa de fiação antiga. Amo Copacabana, mas precisamos de mais prédios assim. Que venham muitos retrofits inspirados na nova construção. Parabéns aos felizardos compradores!!!????

  3. Estou à disposição, caso queiram conhecer detalhes do empreendimento.
    Só resta 1 Garden !
    Tenho outras opções no bairro.
    Ligue? 21 99452-4805

  4. Copacabana já não é mais a princesa do mar, é a rainha do mar e está entre as top 10 do turismo mundial. O Brasil e o mundo até hoje qdo pisam nas suas areias, no seu calçadão, pela primeira vez, sentem-se felizes, como se estivessem realizando um sonho de suas vidas.

  5. Piscina “sem olímpica ” só no comprimento..pois na largura duvido que passe de 3 raias estreitas..relembra qe semi olímpica são 25 metros..nao acredito que chegue a 20m…mas para um edifício está bom…que não pode é enganação…Caso sintam se lncomodados..mostre o projeto da piscina por favor …pode ser por Aqui mesmo.

  6. O progresso existe e tem que seguir em frente, essa casa de pedra acho que não era a única, se não me engano era da Veplan, ou seja da caderneta de poupanca Residência, do meu amigo Paulo Melo Ourivio.

  7. Como um terreno minúsculo pode comportar uma piscina semi-olímpica, spa, academia e etc e tal. A maioria dos apartamentos são com 60 metros quadrados. Infelizmente, vai a memória de uma casa que foi construída no começo do século passado.

    • Vamos combinar o seguinte, que o Carioca que está insatisfeito com o Plano Diretor da Cidade do Rio de Janeiro, que permite esta construção, liga lá na Secretaria Municipal de Urbanismo e reclama com a Gerente de Macro Planejamento, a Sra. Mônica Bahia Schlee, Telefone: 2273-6642, Horário de atendimento: 09h às 18h. ???

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui