Foto: Gilvan de Souza/Agência O Dia/Estadão Conteúdo

Nesta segunda-feira, 13/07, em um acordo de delação firmado com a PGR, o ex-secretário de Saúde do Estado do Rio de Janeiro, Edmar Santos, entregou um conjunto de provas materiais que revelariam em detalhes, segundo investigadores ouvidos, a participação do governador Wilson Witzel no esquema de corrupção na Saúde do estado. As informações são da coluna Radar, da Revista Veja.

Ainda de acordo com a coluna, além de apresentar evidências concretas contra Witzel, o ex-secretário se compromete no acordo a devolver 8,5 milhões de reais à Justiça. “Ele entrega o dinheiro e os culpados”, diz um investigador.

Na última sexta-feira, Edmar Santos foi preso.

1 COMENTÁRIO

  1. Entregou ou vai entregar?
    A delação não foi homologada.
    Somente quando homologada que tem a entrega das provas.
    Antes disso, temos apenas o termo de declaração e a proposta de delação.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui