Foto: Ricardo Stuckert/ Instituto Lula

Nem tanto ao céu, nem tanto a terra, este deve ser o mantra do prefeito do Rio Eduardo Paes (PSD). Enquanto mantém como secretário de Habitação Nilton Caldeira (PL), partido do governador Claudio Castro (PL) e base do presidente Jair Bolsonaro, ele vai receber para um almoço o ex-presidente Lula (PT) e potencial principal adversário de Bolsonaro nas eleições de 2022.

O almoço, está na agenda do ex-presidente que passará 3 dias no Rio de Janeiro. Lula quer atrair Eduardo Paes, e seu PSD, para a aliança entre partidos de esquerda e centro-direita no seu palanque. Que pode incluir um apoio a candidatura de Marcelo Freixo a governador. Não se sabe se tratarão ou não sobre Maricá.

De acordo com o Valor Econômico, o almoço deve ocorrer na quinta ou na sexta-feira, no Palácio da Cidade, em Botafogo, local reservado para despachos e cerimônias formais promovidas pelo prefeito. A assessoria de Paes ainda não confirmou o encontro.

Na quinta-feira, o ex-presidente também terá um encontro, no fim da tarde, com dirigentes e parlamentares do PT no Estado, além de políticos aliados, como os deputados federais Jandira Feghali (PCdoB), Marcelo Freixo (Psol) e Alessandro Molon, que é presidente do PSB fluminense.



Toda manhã o resumo do Rio de Janeiro

19 COMENTÁRIOS

  1. É lamentável que o prefeito eleito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, no qual tenho o maior respeito e admiração por sua competência para administrar a nossa Cidade , venha manchar sua imagem e reputação, se aliando a um ladrão corrupto, condenado como ex presidente Lula. Cairá 100% no meu conceito que o defendo tanto…..mais uma decepção. Se aliar ao Lula é o mesmo que vender a alma pro diabo.

  2. Pra Lula a política acabou, Eduardo Paes em breve com a Justiça, meu temor maior é esse traficante do Freixo, pois ele é bem capaz de pedir apoio do Comando Vermelho para ser eleito! Que Deus nos livre e guarde dessa desgraça!

  3. Já era de se esperar , mas não tão cedo assim . Cúmplices no roubo das olimpíadas , quando dois foram pegos e presos , tramam uma jogada maior . O Rio não merece tanto desrespeito assim .

  4. Lula indo a estaleiros.
    Aqueles estaleiros da Era Lula/Dilma que enfiaram a mão? E levou o ex-presidente Sergio Machado da Transpetro (braço da Petrobras e na época maior construtora de navios), a ser indiciado, e se livrou na delação premiada, -aliás, amigo de Renan Calheiros. Hoje os estaleiros fluminenses são depósitos de sucatas e milhares de pessoas desempregadas. Deram com uma mão e tiraram com a outra. Propina para todos os lados. Por isso a Petrobras não quer nem ouvir falar de grande parte desta turma, — sequer os recebem.
    O Lula acha que a volta ao passado vai ser fácil. O show nem começou.

  5. Nojo dessas cretinices. Estamos a 1 ano e meio da eleição, e o prefeito já está articulando com o ex-presidiário.
    Mais cretino ainda será o Marcelo Freixo se aceitar o possível apoio de Paes à candidatura dele.

  6. Que isso, Eduardo Paes?? Vc é prefeito da cidade onde a maioria de bem não aprova sua atitude. Não faça isso de juntar-se a um criminoso condenado. O Rio de Janeiro não merece isso. Lamentável!!

  7. O Lula está Idoso e Cansado.
    Paes não pára de pular de galho, — tomar cuidado pois está praticamente começando uma administração e muito a recuperar, vai depender muito de poderes para tirar a cidade do sufoco.
    É bom olhar a escada que tenta subir para não ficar na mão.

  8. Os três mosqueteiros novamente?
    Lula – Paes e… Cabral?(este está fora).
    Surreal mesmo.
    Cadê o Legado da Copa e das Olimpíadas? Os três estavam lá, juntinhos e misturados.
    Ficou por aqui a ciclovia superfaturada e desabada.

  9. Amigos íntimos!!!Tá faltando o terceiro da trinca!!!O coleguinha Sérgio Cabral!!!O amor deles durante a Copa e Olimpíadas era tão bonito!!!!Espero q qq dia se reúnam!!!

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui