Eduardo PaesHoje o prefeito Eduardo Paes (PMDB) anunciou que vai baixar o preço da passagem de ônibus em R$ 0,15, caindo do R$ 2,90 para R$ 2,75. Pobre político do século XX, não entendeu sobre o que foram as passeatas, elas não eram sobre os 20 centavos, era sobre muito mais. O movimento pode ter estourado por isso, mas não vai parar.

Mas a decisão de Eduardo Paes tem um simbolismo fortíssimo, de quando a população sai às ruas e aperta, os governantes tem de decidir, fazendo valer a frase “Governo é como feijão – só funciona na panela de pressão”.

Agora cabe a quem está fazendo partes dos protestos levar a frente tudo que estava entalado na garganta. A corrupção, o excesso de secretarias, ministérios ocupados por pessoas completamente incompetentes. Os problemas no metrô, trem, barcas, os impostos altos, a inflação voltando.

Tem muita coisa para mudar e, finalmente, descobrimos que podemos!

Ontem o Diário do Rio fez um hangout sobre os protestos no Rio, é bem longo mas vale a pena assistir, nem que seja alguns trechos:

A passagem vai abaixar, só que é a Prefeitura que vai ter de pagar às empresas de ônibus R$ 200 milhões. Está certo isso?

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui