Eduardo Paes promete parceria para recuperação do Museu Nacional

Eduardo Paes ainda se comprometeu a reabrir o Museu Histórico da Cidade do Rio de Janeiro, na Gávea, que foi fechado durante a atual gestão

O candidato à Prefeitura do Rio em 2020 Eduardo Paes (DEM) visitou as obras de recuperação do Museu Nacional, na Quinta da Boa Vista, em São Cristóvão, nesta sexta-feira. Na noite do dia 2 de setembro de 2018, um incêndio destruiu a instituição federal, considerada o maior museu de história natural do Brasil, dotado até então com um acervo de 20 milhões de relíquias.

Esse é um equipamento da cidade do Rio, do Brasil e do mundo. E temos que observar alguns aspectos aqui, o primeiro, o cultural, que é um espaço que marca a história do Brasil, pelo sítio histórico que é, e por isso a sua recuperação é fundamental. O segundo, o aspecto científico, o fato de ser uma instituição de pesquisa. A UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro – administradora do museu) é um ativo da cidade do Rio de Janeiro. As instituições de pesquisa e conhecimento são muito importantes para a cidade e a prefeitura tem de ser parceira, e o terceiro aspecto que é todo o entorno do Museu Nacional, a Quinta da Boa Vista, que é uma grande área de lazer dos cariocas. Então, a prefeitura tem de ser parceira da instituição, ajudar na recuperação e, principalmente, agir no entorno fortalecendo o Museu Nacional – enfatizou Paes.

Diretor do Museu Nacional, Alexander Kellner explicou a Paes que os recursos para as obras de recuperação têm sido conseguidos com instituições privadas, com o governo federal e no próprio orçamento da UFRJ. O ex-prefeito destacou que pode ter um papel junto a bancada de deputados federais na busca por mais recursos em Brasília, além de cuidar do entorno da Quinta da Boa vista.

A tarefa inicial da prefeitura é a de manutenção. Não deixar o mato alto como a gente vê atualmente, não deixar acúmulo de lixo como a gente vê, colocar a guarda municipal, cuidar da iluminação, arrumar, dar essa sensação de presença do poder público para que os cariocas frequentem cada vez mais a Quinta da Boa Vista – afirmou Paes.

O ex-prefeito ainda se comprometeu a reabrir o Museu Histórico da Cidade do Rio de Janeiro, na Gávea, que foi fechado durante a atual gestão. Paes lembrou que a instituição foi toda reformada durante sua administração e que um equipamento cultural dessa importância precisa estar à disposição dos cariocas. 

– Não só recuperamos o Museu Histórico da Cidade do Rio, como entregamos dois novos museus aos cariocas, o Museu do Amanhã e o Museu de Arte do Rio (MAR). Vamos ter uma política cultural ativa, financiando e suportando os museus municipais, mas também trabalhando em parceria com as outras instituições – frisou Paes. 

Advertisement

2 COMENTÁRIOS

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui