O secretário estadual de Turismo, Eduardo Paes, pelo o que diz o site do Ancelmo Goes irá realmente para o PMDB. A idéia é ele ser o candidato do partido a Prefeitura do Rio em 2008, e teria o apoio do governador Sergio Cabral.

É uma aposta perigosa a de Paes e a de Cabral. O PMDB tem, além de seus pré-candidatos, fechou uma aliança com o DEM, e trocar isso por um candidato jovem e que já vem se mostrando pouco confiável devido a um objetivo solitário de poder, o que explica sua saída do então PFL para o PSDB, uma aliança estranha com Sergio Cabral no 2o turno das eleições para governador (já que Paes se apresentava oposição a ele) e agora uma ida para o PMDB. A não candidatura de Paes pode representar uma derrota de Cabral dentro de seu partido.

Com Eduardo Paes no PMDB significa que agora o partido tem mais uma cadeira na ALERJ, com o deputado estadual Pedro Paulo e com o vereador Luiz Guaraná, ambos do grupo do neo-pmdbista.

A saída de Eduardo do PSDB foi uma boa notícia para o deputado federal Otávio Leite, que vê aumentar muito a sua chance de candidatura a prefeito em 2008.

Já venho dizendo, estas eleições vão pegar fogo e como hoje foi o último dia para troca de partidos: Alea jacta est.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui