Carlos Bolsonaro, vereador do Rio - Foto: Reprodução

O vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos) voltou a tentar puxar briga com o prefeito Eduardo Paes (DEM). Em 14 de fevereiro, Carlos provocou Paes sobre participação ou não na inauguração de nova via na Zona Portuária, e Paes disse que bastava ser convidado que iria.

Desta vez, Carluxo, como chamam os detratores, reclamou da nomeação do ator Marcelo Serrador, atual diretor artístico da Cidade das Artes. O ator respondeu a um texto em uma rede social apoiando que após a eliminação de Karol Conka do BBB 21, era hora de virar o ódio para quem importa, o pai de Carlos, o presidente JairBolsonaro. Para o vereador tal atitude seria impossível se Paes quer manter uma boa relação com o Governo Federal.

Só que Carlos Bolsonaro que esquece que entre uma das qualidades/defeitos de Eduardo Paes, está o deboche carioca ao extremo. E o prefeito lembra que está precisando de uma ajudinha em Brasília para derrubar o veto ao art. 26 da LC178/21 que permite refinanciar parcelas da dívida externa do Rio em R$500mi esse ano. Afinal, o Rio estaria precisando devido ao rombo que teria sido deixado pro Marcelo Crivella (Republicanos). O candidato apoiado por Carlos, que é do mesmo partido.

Paes continua dizendo que já solicitou o veto ao presidente, que tem lhe recebido muito bem. E que não admitirá cerceamento a “opinião dos outros na minha administração, não vai rolar. Não concordo com tudo que todos dizem mas faz tempo que já aprendi a respeitar opiniões diferentes“.

Na segunda-feira, 22/02, Carlos Bolsonaro discutiu com o vereador Pedro Duarte (Novo) após este criticar uma fala de Lindbergh Farias (PT) sobre a Petrobras.

1 COMENTÁRIO

  1. Realmente o nosso Prefeito Eduardo Paes, e o nosso Vereador Carlos Bolsonaro, tem um jeito de serem brincalhoes, quase iguais.
    Ainda comparecerei a um jantar , com os dois juntos , e daremos boas risadas.
    Mas o Eduardo Paes, com o tempo e convivio, entrara no clima da familia Bolsonaro. Principalmente o nosso Carlos que e o xodo do patriarca.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui