Educandário Santa Tereza Enquanto os jornais cariocas só falam mal da cidade, a Folha de São Paulo trouxe uma excelente notícia para o Rio de Janeiro.

De acordo com o jornal paulista, o Rio terá em 2008 a maior ação na área das artes desde a criação dos anos 40 quando foi criado o MASP e o Museu de Arte Moderna de São Paulo. Será a inauguração da Casa Daros-Latinamerica, no local em que era o Educandário Santa Tereza, um espaço de 10,8 mil m2, um edifício do século 19, construído para acolher os filhos bastardos da corte, em Botafogo. O prédio foi comprado  R$ 16 milhões.

A Daros é uma instituição de origem suíça, criada pelo casal Ruth e Stephan Schmidheiny. Nos anos 90, Stephan criou a Coleção Daros, constituída por obras do abstracionismo norte-americano, da arte pop e do minimalismo, além de pintura alemã dos anos 80, que tem em Zurique sua sede.

Em 2000, a Coleção Daros ganhou uma nova seção, dedicada à arte contemporânea latino-americana, criada pela mulher do empresário, Ruth, que tem como curador o alemão Hans Michael-Herzog. A nova casa no Rio irá expor obras das duas coleções, o que já ocorre na sede de Zurique.

Além da área expositiva, a Casa Daros carioca terá uma biblioteca, uma residência para artistas e uma loja.

E as boas notícias para 2008 continuam…

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui