Sergio Cabral e Rosinha As eleições de 2010 definitivamente já começaram, ao menos para os políticos e os mais interessados. E pelo jeito elas vão ser em um tom mais alto, pelo menos que depender do ex-governador e pré-candidato pelo PR, Anthony Garotinho.

 

Em seu blog , além das críticas comuns hoje ele fez dois posts que podem mostrar o tom que Garotinho quer colocar nas eleições. Veja este post:

 

São muito graves os atos de corrupção envolvendo vários setores do governo Sérgio Cabral. Parte desta corrupção – eu diria até a parte mínima – já foi apurada e devidamente comprovada, em investigações que estão em andamento. Há, no momento, uma grande tentativa, diria até desesperadora, por parte do governador e de seus aliados políticos para transformarem as investigações numa grande pizza.

 

É bom que as autoridades envolvidas no caso saibam, que a mesma documentação que elas possuem, parte da imprensa independente, que não se vendeu ao caixa de propaganda de Cabral também tem. É apenas um alerta. Se quem tem o dever de cumprir a lei não o fizer, pode ser atropelado com documentação bombástica muito mais grave que a de Brasília, do Mensalão do Arruda.

 

Quem viu ou ouviu o envolvimento dos auxiliares diretos do governador Sérgio Cabral, nas gravações ou nos vídeos, chegou a afirmar: “Arruda perto desse pessoal é um anjo”.

Ou seja, ele praticamente diz que se o grupo de Cabral apagar esta denúncia o grupo de Garotinho fará questão de jogar gasolina no fogo. E já começaram com uma denúncia na Secretaria de Saúde de Sergio Cabral.

 

E é assim que deve ser as eleições, além de propostas (óbvio) cabe ao outro candidato mostrar os podres que descobriu.

 

Cabral provavelmente deve rebater forte e, enquanto isso, Gabeira fica de espectador.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui