Foto: Wagner da Silva

A candidata da coligação “É a vez do povo”, esteve ontem em Bonsucesso, onde criticou o governo estadual por manter o Teleférico do Alemão parado há quatro anos. O equipamento, que revolucionou a mobilidade em um dos maiores complexos de favelas do país, custou mais de R$ 300 milhões. Benedita conversou com comerciantes e explicou seus projetos para geração de emprego e melhoria na vida das favelas. Bonsucesso fica entre o Alemão e a Maré, outra área com muitas comunidades.

Benedita e a candidata a vice, deputada Enfermeira Rejane, circularam pelas movimentadas ruas de Bonsucesso, na Zona Norte. Benedita conversou com vendedoras, especialmente sobre emprego e moradia. “A pandemia desempregou muita gente e diminuiu o volume de dinheiro que circulava no comércio. Então vamos atacar em duas frentes. Primeiro iremos implantar o Renda Carioca, que garantirá R$ 100 a mais para 250 mil famílias que recebem o Bolsa Família. Com a revitalização da Avenida Brasil, vamos gerar empregos com incentivos e estímulos para trazer de volta as indústrias”, completou.

A área de Bonsucesso abriga vários galpões industriais abandonados há anos. Benedita falou sobre a importância de atrair indústrias de volta, estimular o comércio, com a revitalização da Avenida Brasil e mutirões remunerados nas comunidades para fazer melhorias nas residências.

Outro ponto que mereceu a atenção de Benedita e Rejane foi o projeto de implantação das salas digitais, espaços em que os moradores dos bairros e das comunidades terão cursos de formação e aulas profissionalizantes ministrados por professores pagos pelo município.

1 COMENTÁRIO

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui