Foto: Divulgação

Localizado no coração do Centro Histórico do Rio de Janeiro, no cruzamento das ruas do Ouvidor e do Mercado, próximo à Praça XV, o Capitu Bar está se expandindo e, a partir desta segunda-feira (16/08), chega ao Paço do Ouvidor, shopping da região central do Rio, localizado no encontro das ruas Gonçalves Dias, Uruguaiana e Ouvidor.

As lojas no Paço terão conceitos diferentes. Ambas serão pequenas, uma delas, o Capitu Paço, ficará na praça de alimentação, focada em refeições rápidas e pratos executivos. A segunda, o Capitu Estação, será um quiosque de frente para a rua mais focado na venda de petiscos.

A moderna praça de alimentação do shopping tem cerca de 15 lojas e ocupa um espaço de 1200m2, com acesso por duas escadas rolantes e elevador para deficientes, e ficou pronta logo antes da pandemia. O local é servido por banheiros coletivos, segurança, ar condicionado e TVs de última geração. Segundo a direção do Shopping, haverá shows de música ao vivo no palco da praça de alimentação, que ajudarão a promover happy hours.

Vale destacar que os leitores do DIÁRIO DO RIO tem 10% de desconto no Capitu Bar.

O mascote. Foto: Divulgação
Capitu Bar, no Centro do Rio – Foto: Divulgação

Centro Cultural Carioca

Também está nos planos de Renan Ferreira, proprietário do Capitu Bar, que a matriz da marca, na esquina das ruas do Mercado e do Ouvidor, seja um Centro Cultural. As obras já estão em andamento e têm previsão de conclusão em outubro.

Estamos entrando na última fase do planejamento, que é a finalização do prédio para a abertura do Centro Cultural Carioca. Esse projeto foi desenvolvido comigo e com um curador, Roberto Costa. É um projeto que eu já tenho há alguns anos e agora estamos conseguindo desenvolver e viabilizar“, explicou Renan, complementando que a ideia vai de encontro ao projeto da Prefeitura, de reviver o Centro do Rio, e que tem sido apoiada pela Subprefeitura do Centro.

Renan contou que será um espaço multiuso, que receberá eventos, shows, festas para empresas, entre outros. O espaço terá capacidade para 600 pessoas. Além disso, haverá exposições culturais. “Seja de artistas renomados ou desconhecidos, mas sempre enaltecendo a cultura do Rio de Janeiro”, disse.

Estátua de Machado de Assis

Outra novidade é que a Rua do Ouvidor ganhará uma estátua do escritor Machado de Assis, que caminhava pelas ruas do Centro para ganhar inspiração para suas histórias e, inclusive, cita a rua do Ouvidor em um de seus trabalhos mais famosos: “Dom Casmurro”.

A ideia é que a estátua do autor, sentado escrevendo, seja colocada na calçada da Bolsa de Valores.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui