Em meio ao momento difícil que estamos vivendo, a violência, bastante presente no dia a dia do Rio de Janeiro mas que, devido à quarentena, poderia ficar “desaparecida”, não deixou de existir, infelizmente.

Nas estações do BRT como um todo, por exemplo, foram registrados, nos últimos 20 dias, um total de 55 casos de furtos e vandalismo. Especificamente falando, foram 25 no corredor Transcarioca, 22 no Transoeste e 8 no Transolímpica.



Toda manhã o resumo do Rio de Janeiro

Nesta terça-feira (14/04), a estação “Praça do Carmo”, da linha Transcarioca, na Penha Circular, Zona Norte da cidade, foi roubada e vítima de vandalismo. Atualmente, ela encontra-se inoperante.

Olha o estado do BRT da #PRAÇADOCARMO.virou depósito de lixo que pena, vários trabalhadores chefe de família que usam…

Posted by Praça do Carmo – VP – RJ on Tuesday, April 14, 2020
Vídeo: Reprodução/Facebook/Praça do Carmo-VP-RJ

No último domingo (12/04), a estação “Rede Sarah”, localizada em Jacarepaguá, na Zona Oeste, e também pertencente ao corredor Transcarioca, já havia sido vandalizada. Embora ela estivesse funcionando normalmente, por conta do ocorrido precisou ser fechada e não tem data para ser reaberta.

Além das duas, há mais 25 estações momentaneamente fechadas, medida essa voltada ao enfrentamento ao Coronavírus na cidade.

4 COMENTÁRIOS

  1. Se a PM, mete a porrada nos vândalos, vão aparecer os defensores dos pobres coitados do vândalos, existe alguma outra sugestão, aceito.
    Essa parcela da população, destrói o que a maioria paga.
    Em tempo, tbm não entendo como o morador de rua reclama do banheiro sujo, da casa desarrumada, da comida e da cama do abrigo.
    É proibido êle ajudar a conservar ? Se alguém tiver uma resposta, agradeço

  2. O maior erro foi criar esse modelo de transporte com estações que não ficam protegidas 24 horas por dia.
    Deixasse o transporte público com os ônibus regulares
    Ampliasse as linhas de metrô para alcançar mais regiões com capilaridade

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui