A crise da água no Rio de Janeiro gera prejuízos e deixa a população em sérios apuros sanitários. Diante da situação, o governador em exercício do Rio, Cláudio Castro, veio a público em suas redes sociais para pedir desculpas à população pela péssima qualidade da água oferecida. No vídeo, o Governador anunciou ainda que a Cedae deve normalizar o serviço nesta quarta-feira (10/02).

Em seu vídeo, Cláudio Castro ressaltou que a má qualidade da água no Rio é resultado dos desajustes estruturais da Cedae, problema que tem sido objeto de esforços contínuos por parte do Estado.  “Eu queria pedir perdão a você. Como governador em exercício é nossa obrigação que todos os serviços públicos, inclusive a água, cheguem na sua casa sem problema algum. Infelizmente, essa é uma questão estrutural da Cedae, que a gente vem tentando trabalhar ano a ano”, declarou o Governador em exercício.

Moradores do Rio e da Baixada Fluminense reclamam do mau cheiro, gosto ruim e coloração escura da água da Cedae. O abastecimento das regiões atendidas pela estação ETA Guandu foi interrompido de maneira preventiva pela companhia no último sábado (6/02). A medida teve o intuito de evitar o aumento do número de algas na lagoa próxima a estação de tratamento que cresceu nos últimos dias.

A 8° Vara de Fazenda Pública do Tribunal de Justiça do Rio determinou, nesta terça-feira (9/02), que a Cedae apresente um relatório detalhado sobre os métodos que a companhia usa para analisar a qualidade de gosto e odor da água destinada ao consumo no estado. A justiça também determinou ainda que a Cedae entregue relatórios das ouvidorias sobre a falta de água e potabilidade.

1 COMENTÁRIO

  1. É piada isso?…só pode ser.. Pedir à CEDAE “um relatório detalhado sobre os métodos que a companhia usa para analisar a qualidade de gosto e odor da água”….é ÓBVIO que a CEDAE vai falar que a água está super legal, maravilhosa, melhor que água mineral !!!!

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui