Transfusão por Nani Hoje de madrugada, por volta de 2hs20 da manhã o Rio de Janeiro voltou a perder na disputa que tem contra o resto do Brasil. Apesar de não ser mais a Emenda Ibsen, tem ela como base, e a nova emenda é também do PMDB do Rio Grande do Sul, do senador Pedro Simon. Vale lembrar que PMDB é o mesmo partido do governador Sergio Cabral, do prefeito Eduardo Paes e do presidente da ALERJ Jorge Picciani.

Desta forma, com a aprovação por 41 votos a favor com 28 contra, é retirados dos estados e municípios confrontantes de áreas produtoras no mar os royalties e participações especiais que recebem hoje (52,5% de todos os royalties) e manda redistribuir o dinheiro indistintamente com todos os estados e municípios. O projeto estabelece que a União ficará com 40% dos royalties e os municípios afetados por operações de embarque petrolífero com outros 7,5%. O Rio de Janeiro pode perder cerca de R$ !0 bilhões por ano com essa brincadeira.

 

Simon diz que o Rio de Janeiro não perderá um centavo, que a União ressarcirá as perdas. Então, como assim? O quer o senador é o surgimento do dinheiro de algum lugar, não se sabe de onde… aumentando os impostos?

 

É triste ver que os senadores nem ao menos parecem assistir o noticiário internacional e assistir o desastre nos EUA da British Petroleum que poderia ser bem maior se fosse no Rio. A emenda agora, devido as mudanças, tem de ser aprovada pela Câmara de Deputados, onde é certo esperar pela derrota de nosso estado. Dependendo então de um veto presidencial.

 

Quando tiver o nome dos Senadores que votaram contra o Rio coloco no blog.

 

Charge do Nani.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui