Necessidade de distanciamento social por um bom tempo ainda é um dos grandes empecilhos para a realização do Carnaval no ano que vem - Foto: Reprodução/Internet

No dia 01/05, você leu aqui no DIÁRIO DO RIO que o Carnaval carioca de 2021 corre sério risco de não ser realizado, devido à pandemia do Coronavírus, ainda sem uma vacina ou remédio comprovadamente eficiente para combater a doença.

No entanto, a situação atual, quase 2 meses depois, é de reviravolta no panorama. Segundo informações do portal ”Veja”, da ”Editora Abril”, empresários já consideram certeza que a folia acontecerá e, inclusive, já preparam para agosto o início das vendas de camarotes na Marquês de Sapucaí, local dos desfiles das escolas de samba do Rio de Janeiro. Para eles, o Carnaval, caso não ocorra em fevereiro, sua época tradicional, será realizado em maio.

Já as agremiações carnavalescas, por sua vez, continuam mantendo o tom pessimista. A pandemia, somada à consequente necessidade de isolamento social, atrasaram completamente o planejamento e os trabalhos nos barracões. Para as escolas, por ora, nada mudou e o clima de incerteza segue prevalecendo.



Siga nossas redes e assine nossa newsletter, de graça

Jornalismo sério, voltado ao Rio de Janeiro. Com sua redação e colunistas, o DIÁRIO DO RIO trabalha para sempre levar o melhor conteúdo para os leitores do site, espectadores dos nossos programas audiovisuais e ouvintes dos nossos podcasts. O jornal 100% carioca faz a diferença.

1 COMENTÁRIO

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui