N.E.: O Diário do Rio de Janeiro tem mudado, contado com um maior número de colaboradores. Como é o caso do Vereador Carlo Caiado do Democratas. Estou conversando com outros vereadores para que aceitem escrever no Diário do Rio e assim dê a pluralidade ao blog. Caiado escreverá semanalmente, conheça outras pessoas que fazem o Diário do Rio.

Carlo CaiadoCom apenas 32 anos de idade, Carlo Caiado está em seu terceiro mandato como vereador da Cidade do Rio de Janeiro. Sua primeira eleição aconteceu em 2004, quando se tornou um dos mais jovens parlamentares, com 23 anos, a assumir uma cadeira no legislativo municipal.

Sempre atento aos problemas do cotidiano da Cidade, Caiado se tornou a voz do povo na Câmara Municipal do Rio. Em busca de melhorias para a população, levou ao parlamento discussões importantes como a necessidade de obras de saneamento em toda a Zona Oeste; preservação do meio ambiente e patrimônio histórico; problemas relacionados ao transporte, educação, saúde, urbanização; organização de grandes eventos na cidade; transparência no serviço público; entre outros temas relevantes.

Caiado é Ficha Limpa e defende uma maior transparência no serviço público. É autor dos projetos de lei que institui a Ficha Limpa e o Portal da Transparência no âmbito municipal. Em oito anos de mandato apresentou 337 projetos de lei. É autor de 48 leis municipais. Ao longo do seu mandato criou diversas comissões especiais para acompanhar e resolver, junto ao poder público, problemas da Cidade.

O compromisso com a população do Rio tem sido uma de suas principais bases de trabalho. Tanto empenho o tornou um dos parlamentares com o maior número de proposituras apresentadas na Câmara de Vereadores. A seriedade e dedicação de Caiado fizeram com que ele fosse eleito, em seu segundo mandato, 2009/2012, 2º vice-presidente da Mesa Diretora da Câmara. Na atual Legislatura (2013), foi eleito para ocupar o cargo de 2º secretário da Casa Legislativa.

É formando em Administração pela PUC-Rio. Especializou-se em Políticas Públicas pelo Instituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro (Iuperj), da Universidade Cândido Mendes. Antes de se tornar vereador, atuou na Subprefeitura da Barra da Tijuca e Jacarepaguá. Foi também administrador regional do Recreio dos Bandeirantes, onde pôde mostrar suas habilidades técnicas, levando diversas melhorias para a região.

Entrevista: Vereador Carlo Caiado

1- Como foi sua decisão para entrar na vida pública? Teve influência ou auxílio de algum agente público?

R: Eu sempre gostei de política, quando menino, em um vídeo de família, alguém me perguntou o que eu gostaria de ser quando crescesse, e eu respondi: ser político. Isso é prova de que esse sempre foi o meu desejo. Na faculdade, participei de forma atuante na militância estudantil. Minha vida política começou no grupo do ex-prefeito Cesar Maia, nos anos de 1998, quando atuei na Assembleia Legislativa do Rio, como assessor parlamentar.

2-Como é a sua rotina diária como vereador da Cidade?

Minha atuação como parlamentar é muita intensa com diversas responsabilidades, que o mandato me confere. A agenda diária é apertada, tendo em vista os compromissos na Câmara de Vereadores e nas ruas do Rio, pois faço questão de ouvir a população e levar as demandas para o Plenário.

Estou sempre atento ao que acontece na Cidade e pronto a atuar quando necessário, seja com fiscalização, proposituras de leis, indicação ou outras prerrogativas do meu mandato.

3-Como concilia sua vida pessoal com a vida pública?

Sou casado e tenho duas filhas ainda muito pequenas. A vida pública é muito intensa e é complicado conciliar a agenda, o que faz com que a família seja um pouco penalizada, porém, foi a vida que escolhi e minha família apoia e entende o meu trabalho.

4-Vereador, neste seu terceiro mandato, qual sua expectativa na vereança ao longo desta legislatura?

Tenho dado minha contribuição, pois mesmo como jovem parlamentar que sou, já tenho um número considerável de proposições que são benéficas a cidade, na preservação de sua história, na aplicação de uma das funções primordiais do Vereador, que é legislar sobre o uso do solo na cidade.

Minha maior expectativa nesse momento é com relação aos grandes eventos que o Rio se prepara para receber, como a Jornada Mundial da Juventude, a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016. Importante nossa atuação a fim de garantir que a cidade como um todo receba esses legados. Temos inúmeros problemas que precisam ser solucionados como saúde, educação, infraestrutura, transporte, entre outros, para atender aos turistas que nos visitam e principalmente, nossa população que sofre com essas carências.

Tenho acompanhado, através das Comissões Especiais da Câmara, algumas presididas por mim, a atuação do Executivo na organização dos eventos. É importante receber eventos como estes, pois aumentam a economia e geram empregos, porém, é fundamental que a população não sofra qualquer prejuízo, mas seja beneficiada com melhorias, em todos os setores.

5-Neste mandato, quais são suas prioridades?

 

Minha prioridade é trabalhar em prol da melhoria de quem represento: a população carioca. Todas as carências de nossa cidade são prioridades a serem resolvidas. Encaro todas as demandas que recebo diariamente em meu gabinete como prioridade. Como parlamentar, a mim cabe apresentar leis, fiscalizar, fazer emendas ao orçamento do Executivo, e apontar ao prefeito o que precisa ser feito para melhorar a vida do cidadão. Encaro todo o trabalho que desempenho como prioridade.

6- Na sua opinião, qual a área de maior carência na Cidade?

A maior carência da cidade, em minha opinião, é a falta de saneamento básico, existente na Zoa Oeste e parte da Zona Norte do Rio. Saneamento é praticamente inexistente na Zona Oeste, a mais carente da cidade, mesmo a Barra e o Recreio, que são áreas nobres, também sofrem com a falta de saneamento básico.

Já na Zona sul observamos uma falta de fiscalização das posturas municipais e dos parâmetros urbanísticos já definidos por leis, visto que a região já é muito adensada. A Cidade como um todo precisa de um olhar atento por parte do Executivo para que receba melhorias igualitárias.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui