Foto: Reprodução

As escolas da rede pública do estado do Rio poderão ser obrigadas a realizar exames psicológicos em seus alunos no início de cada semestre letivo. A medida foi proposta pela da deputada Tia Ju (REP) e será votada, pela Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), em sessão única nesta quinta-feira (25/02).

O projeto de lei 276/19 propõe que os exames sejam realizados por profissionais especializados em psicologia escolar/educacional, com estágio comprovado na área. Além disso, prevê que, nos casos em que a avaliação psicológica diagnosticar algum tipo de transtorno, a equipe técnica escolar deverá encaminhar o aluno para que seja assistido em uma unidade de saúde por psicólogos clínicos. 

Para a deputada Tia Ju, autora da medida, “Por meio da avaliação psicológica e da análise comportamental do aluno é possível identificar as dificuldades e os transtornos que interferem na assimilação do conteúdo proposto em sala de aula e até mesmo na relação com os colegas”.

Costa do mar, do Rio, Carioca, da Zona Sul à Oeste, litorânea e pisciana. Como peixe nos meandros da cidade, circulante, aspirante à justiça - advogada, engajada, jornalista aspirante. Do tantã das avenidas, dos blocos de carnaval à força de transformação da política acreditando na informação como salvaguarda de um novo tempo: sonhadora ansiosa por fazer-valer!

3 COMENTÁRIOS

  1. Nem Escola Particular isso acontece (!!!)
    Estão achando que dinheiro dá em árvore.
    E mandar o aluno para acompanhamento psicológico em unidade de saúde é de uma falta de sensibilidade… E os pais, são ignorados? Acho um absurdo.
    Na verdade, escolas deveriam ter equipes multidisciplinares, formadas por fonoaudiólogos e psicólogos, inclusive. E chamar mais os pais e participar com eles.
    No entanto, nem todos conseguem acompanhar seus próprios filhos. Veja como é cruel o dia a dia de trabalho de algumas famílias…
    Mais diálogo e menos imposição. Até porque são diversas as escolas da psicologia, e um não necessariamente tem a mesma avaliação que outra.

  2. O Diário do Rio está colocando tanta notícia…
    Está ficando enfadonho acompanhar…
    Algumas não passam de projeto de lei. Nem se sabe da probabilidade de passar… Quantos projetos são apresentados e não são sequer discutidos?

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui