Foto: Divulgação

Mais uma vez o BRT Rio foi alvo de criminosos. Na madrugada desta sexta-feira (25/09) a estação Aeroporto Jacarepaguá, no corredor Transcarioca, teve cabos dos circuitos de iluminação e portas furtados. Recentemente, o local havia recebido reforço de iluminação, como parte do cronograma de melhorias que vem sendo realizado desde junho.

Um dia antes, bandidos já haviam destruído equipamentos e furtado fios de cobre, cabos do quadro elétrico e o vidro da bilheteria da estação Morro do Outeiro, no trecho Transolímpica. Esta foi a quarta vez que criminosos vandalizaram o local em um mês.

Cerca de 100 estações foram vandalizadas e/ou furtadas desde abril. Atualmente, o BRT Rio tem um total de 35 estações fechadas devido a esses tipos de crimes. As que foram fechadas em razão da pandemia também acabaram sendo depredadas e não apresentam condições para a reabertura.

De março até agora, o Proeis, com quem o BRT Rio mantém um convênio, fez 59 detenções. O BRT Rio ressalta que as ações dos operadores de estação são em caráter de orientação aos passageiros para as operações do sistema. A segurança em terminais e estações, que são um patrimônio do município, é atribuição do poder público. É o que estabelece a lei complementar municipal número 100, de 15 de outubro de 2009, que cria a Guarda Municipal e prevê, entre outros itens, “proteger bens, serviços e instalações municipais do Rio de Janeiro”.

Foto: Divulgação


Toda manhã o resumo do Rio de Janeiro

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui