Imagem meramente ilustrativa - Foto: Marcos Santos/USP Imagens

No início da manhã deste domingo (07/02), a Estação de Tratamento de Água (ETA) Guandu, na Zona Oeste, foi religada. Porém, a Cedae informou que o abastecimento só deverá ser normalizado em 48 horas e pediu à população para economizar água.

Na noite de sábado (06/02), a Cedae interrompeu o funcionamento da estação, abrindo as comportas, para que a água escoasse mais rápido e renovasse e parcialmente a água da lagoa próxima à estação. O objetivo “é evitar o aumento do número de algas e, consequentemente, reduzir a possibilidade de ocorrência de geosmina/Mib no local“.

A água voltou a ser distribuída neste domingo, mas a Cedae já havia alertado que locais mais elevados ou na ponta da rede de abastecimento podem demorar um pouco para normalizar. Informou ainda que imóveis com sistema interno de reserva de água, como caixas d’água e cisternas não devem sofrer desabastecimento.

A Cedae pediu que os clientes que tenham sistemas de reserva “usem água de forma equilibrada e adiem tarefas não essenciais que exijam grande consumo de água” e que a população economize água.

1 COMENTÁRIO

  1. Estão fazendo de tudo pra privatizar a água do Rio. Este governo provisório (um Castro… Rs…) é conivente. Faz parte do projeto de tornar tudo privado.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui