Foto Cleomir Tavares / Diario do Rio

Nesta quarta-feira, 09/06, foi aprovado, em primeira discussão, durante sessão extraordinária da Câmara dos Vereadores, o projeto de lei de autoria do vereador Rafael Aloisio Freitas (Cidadania), que cria o polo gastronômico, cultural e desportivo e de lazer do Estádio Olímpico Nilton Santos, no Engenho de Dentro, popularmente conhecido como Engenhão.

“Tanto é que o projeto não aborda só a questão gastronômica, mas também a questão cultural, esportiva e de lazer, reconhecendo a importância que o estádio adquiriu para aquela região”, explicou o vereador

De acordo com a proposta, o Poder Executivo deverá apoiar a implementação do espaço, sobretudo quanto à adequação do trânsito para veículos e pedestres, aumentar a disponibilidade de vagas para estacionamento, delimitar e sinalizar treze vagas para food trucks e instalar sinalização vertical com indicação do polo.

Caso o projeto seja aprovado, a Prefeitura vai organizar a área de lazer, o comércio ambulante na rampa de acesso ao estádio e as atividades desenvolvidas por food trucks.

1 COMENTÁRIO

  1. ARBORIZAÇÃO DO ENGENHÃO.

    Vamos que vamos dando um aproveitamento maior e melhor ao Engenhão e ao seu entorno.

    Só ficou faltando uma arborização de primeira linha no local e a criação de uma rede de ciclovias em tão grande espaço…

    Poderiam incluir nestas obras uma melhor arborização da Praça do Trem, assim como mais um trecho de ciclovias no Engenho de Dentro.

    É ver pra crer !!! (Notícia atual)

    Notícia de dois anos atrás…

    Notícia que interessa…Cidade bem arborizada, cidade bem mais fresca !!! Espero que não tenham esquecido a Praça do Trem.
    O Rio de Janeiro tem que ser bom e bonito para todos, em todos os bairros e não somente em regiões turísticas…

    Prefeitura e Botafogo de Futebol e Regatas iniciam o plantio de cento e sessenta árvores no Complexo Nilton Santos – Engenhão.

    A Prefeitura do Rio e o Botafogo de Futebol e Regatas foram a campo, nesta Terça-feira (26/09), em uma partida imperdível, onde quem ganha é a Cidade Maravilhosa.

    O golaço foi às 11:00 h, com o lançamento do projeto “O Rio Planta, o Botafogo Cuida”, fruto de mais uma parceria intermediada pela Fundação Parques e Jardins (FPJ), órgão vinculado à Secretaria Municipal de Conservação e Meio Ambiente (Seconserma).

    Cerca de sessenta mudas foram plantadas no Complexo Esportivo Nilton Santos – Engenhão e em ruas do bairro Engenho de Dentro. Entre as espécies da flora brasileira estão duas ameaçadas de extinção: o histórico Pau-Brasil e o Jequitibá-Açu, árvore-símbolo da cidade, escolhida em votação popular e oficializada pelo Decreto 29.528, de 30 de Junho de 2008.

    O novo projeto é uma extensão do programa “O Rio Planta, eu Cuido”, iniciado há dois anos pela FPJ para ampliar a arborização em áreas urbanas da cidade.

    Esta iniciativa já ultrapassou a marca de seis mil mudas plantadas em sessenta bairros ou áreas verdes cariocas. Recorrendo a ações que transformam moradores em agentes multiplicadores, a ação tem como objetivo conscientizar a população sobre a importância da preservação do meio ambiente.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui