Estádio Nílton Santos vai ganhar arquibancada exclusiva para mulheres

O Projeto "Arquibancada Lilás" é uma iniciativa do grupo "Empoderadas" com o Botafogo. O objetivo é que o setor de acesso exclusivo ajude a reduzir os casos de assédio ao público feminino durante as partidas de futebol

(Foto: Reprodução Twitter)

O Estádio Nílton Santos, conhecido popularmente como Engenhão, vai ganhar um setor exclusivo dedicado às mulheres. A iniciativa, batizada de “Arquibancada Lilás“, é fruto de uma parceria do Programa “Empoderadas”, do Governo do RJ, com o Botafogo, clube que administra a arena, localizada na Zona Norte do Rio.

O objetivo é que o setor de acesso exclusivo ajude a reduzir os casos de assédio ao público feminino durante as partidas de futebol e possa aumentar a frequência desse público durante nas partidas.

O acordo foi firmado durante um encontro do “Empoderadas” com lideranças do Botafogo, realizado nesta terça-feira (23/11), no próprio estádio. A reunião debateu a participação das mulheres nas arenas esportivas e o combate ao assédio no futebol.

Nós também gostamos de torcer, de curtir, de gritar, de beber, mas ainda temos a insegurança de ir e vir. Por isso pensamos nesse projeto para reduzir o número de assédio nos estádios“, disse Erica.

Foto: Divulgação Governo do Estado

De acordo com dados do Instituto de Segurança Pública (ISP) no Dossiê Mulher 2021, somente em 2020 houve mais de 71 mil registros de ocorrência referentes à violência contra a mulher no Estado do Rio de Janeiro. Desses casos, mais de mil são relatos de importunação sexual. Outros 153 casos são por assédio, e 203, por ato obsceno.

Durante o debate no Engenhão, a coordenadora do Empoderadas, a campeã mundial de jiu-jítsu Erica Paes, conversou com funcionárias do clube, familiares de atleta e torcedoras do Botafogo para entender suas percepções e inseguranças nas arenas e debater a criação de um setor exclusivo para mulheres dentro do estádio.

Também estiveram presentes no evento o presidente do Botafogo, Durcésio Mello, e o diretor de negócios do clube, Lênin Franco. No encontro, Mello frisou que o clube está comprometido com a pauta e que o Botafogo não vai tolerar casos de assédio dentro do estádio.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui