Foto: Maurício Lima

O Governo do Estado do Rio vai construir 1.088 unidades habitacionais para vítimas da tragédia das chuvas, que atingiu a Região Serrana em 2011. Ao todo, serão 500 apartamentos em Teresópolis, 340 em Petrópolis, 128 em Sumidouro e 120 em São José do Vale do Rio Preto, totalizando um investimento de cerca de R$ 350 milhões, que serão financiados pela Secretaria de Infraestrutura e Obras.

“Renovamos nosso compromisso com as famílias no início do ano, durante o Governo Presente. Além disso, na região, estamos trabalhando também nas obras de contenção de encostas. Iremos lançar, em até dois meses, o maior programa habitacional da história do estado do Rio”, disse o governador Cláudio Castro (PL).

Na última quinta-feira (22/07), o secretário de Estado de Infraestrutura e Obras, Max Lemos, se reuniu para discutir o projeto com o presidente da Cehab, Ângelo Monteiro Pinto, o subsecretário de Estado das Cidades, Bernardo Rossi, o subsecretário de Habitação, Allan Borges, e a coordenadora Especial de Articulação Institucional de Petrópolis, Fernanda Ferreira, que representou o prefeito interino de Petrópolis, Hingo Hammes.

“A expectativa é que o projeto com as novas moradias, que serão padronizadas, fique pronto em pouco mais de um mês” , esclareceu o secretário.

Costa do mar, do Rio, Carioca, da Zona Sul à Oeste, litorânea e pisciana. Como peixe nos meandros da cidade, circulante, aspirante à justiça - advogada, engajada, jornalista aspirante. Do tantã das avenidas, dos blocos de carnaval à força de transformação da política acreditando na informação como salvaguarda de um novo tempo: sonhadora ansiosa por fazer-valer!

2 COMENTÁRIOS

  1. E os moradores foram viver aonde? Depois de 10 anos, usar uma desgraça ambiental para se beneficiar politicamente, é uma enorme falta de respeito a todos que tiveram os seus bens materiais destruídos. Acorda povo da região serrana!! Não caia nessa!!

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui