Estátua de São Pedro é recuperada após ressaca jogá-la no fundo do mar da Baía de Guanabara

Monumento foi resgatado pelo Corpo de Bombeiros. Secretaria de Conservação do Rio vai averiguar se houve algum dano para programar a reposição

Foto: GoogleStreetView

Após à forte ventania ocasionada pelo ciclone que passou ontem pela cidade, a estátua de “São Pedro do Mar”, localizada no meio da Baía, em frente à Avenida Portugal, na Urca, foi derrubada pela força da ressaca. Nesta sexta (12/08), o Corpo de Bombeiros realizou buscas para içar a peça, que foi parar no fundo do mar.

A escultura, encontrada neste início de tarde, já foi retirada das águas e levada para o Iate Clube do Rio de Janeiro, na Urca. A Gerência de Monumentos e Chafarizes, vinculada à Secretaria de Conservação do Rio, vai averiguar se houve algum dano e, assim, programar a sua reposição.

O monumento de São Pedro, um dos apóstolos de Cristo, é feita de bronze, tem 1,80 de altura, pesa cerca de 100 quilos e fica chumbada sobre uma pedra no mar. A peça foi inaugurada em 1959, cujo autor é o escultor Edgar Duvivier, pai do também artista plástico e seu homônimo.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui