O mercado financeiro é um ambiente repleto de ótimas oportunidades para quem busca construir um patrimônio financeiro duradouro. Entretanto, o caminho para o sucesso nos investimentos não é fácil, pois envolve muita disciplina na aquisição de conhecimentos, controle financeiro e regularidade nos aportes.

No Brasil, o acesso ao mundo dos investimentos tem sido cada vez maior, haja vista que a disponibilidade de informações sobre esse mercado é ampla, as plataformas de negociação são cada vez melhores, e não é preciso muito dinheiro para investir. Dessa forma, a compra de ativos como ações, ETFs e fundos imobiliários é algo viável para todos os investidores. Outro instrumento financeiro igualmente interessante são os pares de moedas do mercado Forex.

A negociação de pares de moedas envolve riscos grandes, devido à alta volatilidade, e é recomendada para investidores com maior experiência. Embora esse mercado de câmbio não esteja disponível para acesso por meio das corretoras brasileiras, negociar pares de divisas é possível graças às corretoras internacionais, cujas ferramentas educativas ensinam como o mercado Forex funciona, e atualizam os investidores sobre as tendências do mercado.

Estratégias básicas de negociação em Forex

Sejam quais forem os instrumentos financeiros negociados, uma boa estratégia de negociação é essencial para o sucesso do investidor, ou seja, mais lucros e menos perdas.

No mercado Forex, algumas das estratégias básicas de negociação mais utilizadas são:

  • Swing trading: ao adotar esse tipo de estratégia, o investidor mantém uma posição aberta em um par de divisas durante alguns dias, à espera de uma oscilação no mercado que lhe permita obter um lucro maior.
  • Day trading: com essa estratégia, o investidor espera obter lucro por meio da oscilação do preço de um ativo ao longo do dia.
  • Scalping: trata-se de um tipo de estratégia com a qual o investidor busca lucros em intervalos de tempo muito curtos, como segundos ou minutos.

Essas estratégias requerem dois tipos de análise: a técnica e a fundamentalista. A primeira envolve observação de gráficos na plataforma de negociação dos pares de moedas. A segunda, por sua vez, leva em conta fatos que influenciam o cenário político e econômico. Esses dois tipos de análise não são garantia de lucros nas negociações, mas são bons indicativos do caminho que pode ser seguido pelos investidores.

Como escolher uma boa corretora de Forex?

O primeiro passo é verificar se a corretora dispõe de uma conta demonstrativa. Por meio dessa conta, o investidor saberá como funciona a plataforma de negociações, e poderá testar as funcionalidades dela. Esse primeiro passo é especialmente relevante para os investidores iniciantes.

Com uma conta demonstrativa, os usuários podem testar as diferentes estratégias de negociação existentes.

Na procura por uma boa corretora Forex, os investidores devem avaliar fatores como spreads, comissões, quantidade mínima que deve ser depositada para abrir uma conta, disponibilidade de ferramentas informativas, suporte ao cliente, tipos de plataformas de negociação disponíveis, dispositivos compatíveis com essas plataformas e regulação.

Corretoras como Admiral Markets e eToro costumam aparecer na maioria das listas de corretoras internacionais que, de modo geral, atendem as necessidades dos investidores. Além de ativos do mercado Forex, os clientes dessas corretoras têm acesso a outros instrumentos financeiros para negociação, como metais preciosos, energias, fundos de índice e equities (ações).

Considerações finais

As negociações em Forex estão em alta, e são uma ótima opção de diversificação nosinvestimentos. Entretanto, é necessário que o investidor conheça bem os tipos de estratégia de negociação, e saiba qual delas é melhor para o seu perfil.

Para investidores iniciantes, é válido lembrar que as negociações no mercado Forex têm um risco muito superior ao de negociações de outros ativos financeiros. Logo, é fundamental que a primeira conta aberta em uma corretora seja do tipo demonstrativa. O dinheiro utilizado não é real, mas permite que o investidor entenda como funciona a plataforma de negociações.

Finalmente, vale a pena checar se a corretora disponibiliza ferramentas educativas, como tutoriais sobre estratégias de negociação. São recursos indispensáveis para quem busca negociar pares de moedas no mercado Forex com mais segurança.



Toda manhã o resumo do Rio de Janeiro

Quintino Gomes Freire

Diretor-Executivo do Diário do RIo e defensor do Carioca Way of Life

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui