Foto: Divulgação

No próximo mês, a cidade do Rio de Janeiro será sede do Festival Polifonia, com um lineup que vai do indie ao hardcore. O evento, realizado em parceria com a Agência Olga e Gig Music, ocorrerá nos dias 18 e 19 de outubro (sexta e sábado). O primeiro dia contará com a apresentação de Supercombo, Scalene, Tuyo, Zimbra e Folks. Enquanto que no segundo dia, se apresentarão nomes como FarFrom Alaska, Pense, Menores Atos, Gloria e Plastic Fire. Em ambos os dias, o evento iniciará às 20 horas.

Um pouco do lineup:

Supercombo, formado por Leonardo Ramos (voz e guitarra), Pedro “Toledo” Ramos (guitarra), Carol Navarro (baixo) e Paulo Vaz (teclados), estarão apresentando o mais recente álbum “Adeus, Aurora” (2019). Além do lançamento, propõem embalar e contagiar o público com faixas dos álbuns anteriores -“Festa?” (2007), “Sal Grosso” (2011), “Amianto” (2014) e “Rogério” (2016). O grupo compartilha também parcerias com outras bandas previstas no Festival, como Scalene e FarFrom Alaska.

Colecionando presença nos principais festivais do país, como Lollapalooza e Rock in Rio, a banda Scalene também se apresentará no festival. Gustavo Bertoni (voz), Tomás Bertoni (guitarra), Lucas Furtado (baixo) e Philipe “Mkk” Nogueira (bateria) apresentarão um pouco da turnê de 10 anos da banda. Com um setlist de clássicos, incluindo do disco “Respiro” (2019), reúnem influências como MPB, música eletrônica, R&B.

Tuyo, formada por Machado, Lio e Lay Soares,apresentam suas composições marcadas por temáticas existenciais, ao som da fusão de violão e batidas eletrônicas. Influenciados pelo folk, lo-fi hip hop e synth pop lançaram o álbum de estreia, “Pra Doer” (2017), e em 2018 o segundo álbum “Pra Curar”, levantando a bandeira de banda independente.

Reunindo elementos da MPB e do indie rock alternativo, Zimbra também se apresentará no festival. Formada por Rafael Costa (vocal), Vitor Fernandes (guitarra), Guilherme Goes (baixo) e Pedro Furtado (bateria), a banda santista tocará hits do seu novo disco “Verniz” (2019) e outros sucessos como “Viva”, “Orfanato” e “Amanhã” de discos anteriores.

A banda de rock Folks também será atração no evento. O grupo carioca, marcado por um estilo próprio,é formado atualmente por Kauan Calazans (vocal), Paulinho Barros (guitarra/voz), Sergio Sessim (guitarra) e PV (bateria). Com seu primeiro disco lançado em 2015 (“Folks”), foram convidados a se apresentar em um dos mais renomados festivais do mundo: o South bySouthwest (SxSw), no Texas (EUA)em 2016, ao lado de outros nomes importantes do rock.

Formada em 2012, a banda FarFrom Alaska, será um dos destaques do evento com um show vibrante, sob a influência de stoner rock e alternativo. É atualmente formado por Emmily Barreto (vocal), Cris Botarelli (guitarra/baixo) e Rafael Brasil (guitarra/baixo). O grupo foi marcado por duas saídas: a de Edu Filgueira (2018) e do baterista Lauro Kirsch, que fez o anúncio público na última semana. Canções dos discos “Modehuman” (2014) e “Unlikely” (2017) farão parte do repertório da banda.

Formada em 2007, a banda mineira Pense sobe ao palco com Lucas Guerra (vocal), Judá Ramos (baixo), Charles Taylo (bateria), Cristiano Souza (guitarra) e Ítalo Nonato (guitarra). Com mais de 10 anos de carreira, a banda hardcore agrega o peso do som, com velocidade e mensagens profundas. Com o repertório do terceiro disco “Realidade, Vida e Fé” (2018), aborda questionamentos pessoais, com a premissa que a mudança precisa ser em um primeiro momento interna, para que seja externalizada.

O trio, Celso Lehnemann (baixo), Cyro Sampaio (vocal/guitarra)e Ricardo Mello (vocal/bateria), que compõe a banda Menores Atos também é confirmada no festival. Após a gravação do primeiro álbum “Animalia” (2014), a banda vem sendo aclamada pelos fãs por novas canções. Nessa tendência, o grupo apresentará as faixas do disco recém lançado, “Lapso” (2018), que propõe dar visibilidade aos sentimentos e dialogar com o público.

A banda Glória, formada desde 2002,participará do festival com o repertório do recente álbum “Acima do Céu” (2019). Com a mistura de metalcore e post-hardcore, é formada atualmente por Mauricio Vieira (vocal), Elliot Reis (guitarra e vocal), Alexandre Peres Kenji (guitarra), Thiago Abreu (baixo) e Leandro Ferreira (bateria). Nessa nova tendência, mostram a energia e disposição do grupo ao longo desses mais de 15 anos de trajetória.

Também no estilo hardcore, o quarteto de Plastic Fire sobe aos palcos para mostrar seu novo momento de reconstrução. Atualmente é composto por Reynaldo Cruz (vocal), Daniel Avelar (guitarra), André Assis (bateria) e Marcio Iahn (baixo). Além de canções do álbum de estreia, como “Existência Parcial” (2008), estará no repertório também “A Última Cidade Livre” (2010), “Cidade Veloz Cidade” (2014), “Lavanrac” (2018) e “Tesouras” (2019).

As informações estão disponíveis no site, mas anota aí!

Data: 18 e 19/10/2019
Horário: 20h
Local: Vivo Rio

Endereço: Av. Infante Dom Henrique, 85 – Rio de Janeiro – RJ
Ingressos (por dia): De R$ 80 a 120 (inteira).
Classificação etária: 14 anos.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui