Com o objetivo de difundir o conhecimento e combater a intolerância religiosa bruxas, wiccanos, sacerdotes, terapeutas, oraculistas, umbandistas, candomblecistas, espiritualistas, cristãos de várias denominações, escritores e palestrantes de diversas tradições pagãs ou esotéricas se reunirão no próximo sábado (08/02) para a quarta edição do maior evento esotérico da Baixada Fluminense, o Caldeirão Ancestral. O evento busca reunir leigos no assunto, curiosos e o público que busca se iniciar em algumas das religiões, mas não encontra eventos e atividades voltadas ao segmento na região. Outra proposta é fortalecer culturalmente e economicamente os serviços que já acontecem na região, mas por desconhecimento, muitos vão buscar na Zona Sul ou no Centro da capital fluminense, como: aromaterapia, reiki, auriculoterapia, reflexologias, cristaloterapia e outras terapias já reconhecidas pelo SUS como eficientes para a saúde física e mental.

A abertura do evento será ao meio-dia com um ritual aberto para Ganesha, Deus indiano da prosperidade e da quebra dos obstáculos. Após, o público será convidado para conhecer os expositores de artesanato esotérico, cigano, assistir as apresentações de dança, palestras e música ao vivo. Atividades como auriculoterapia, ozônioterapia e quick massage também serão oferecidas. Um dos destaques ficará por conta da coruja Radija e o gavião Zeus. São animais do Recanto dos Bichos, especialmente treinados para um show de brid. A quarta edição do Caldeirão Ancestral contará com expositores das cidades do Rio de Janeiro, São João de Meriti, Nova Iguaçu, Magé e Duque de Caxias. Haverá a presença de uma editora de livros esotéricos, a Duende Amarelo, do bairro de Paquetá. A bruxa Aline Fernandes é uma das palestrantes e que irá oracular. Junto com André Mendonça, são idealizadores da Feira de Bruxaria e Esoterismo de Paquetá (FEBRE) que transforma o local durante dois dias em uma Ilha das Bruxas.



Siga nossas redes e assine nossa newsletter, de graça

Jornalismo sério, voltado ao Rio de Janeiro. Com sua redação e colunistas, o DIÁRIO DO RIO trabalha para sempre levar o melhor conteúdo para os leitores do site, espectadores dos nossos programas audiovisuais e ouvintes dos nossos podcasts. O jornal 100% carioca faz a diferença.

Idealizadoras do evento Marcia Zatorre, Adila e Carina Trubat acreditam que a bruxaria carrega um forte estima associado ao mal. Entretanto, é uma religião cujos grandes fundamentos são o respeito à natureza e a proteção do meio ambiente. “Muito se fala em questões ambientais, por isso queremos mostrar ao público que as bruxas são pessoas comuns, praticantes de uma religião muito antiga. Não temos templos construídos pelo homem. Nosso Templo é a Natureza, por isso precisamos preservá-la.” Observam.

Quando perguntadas sobre o motivo de fazer o evento em uma cidade da Baixada Fluminense, são taxativas “Duque de Caxias tem um triste histórico de Intolerância religioso praticada por alguns seres que se dizem religioso, mas que perderam a real proporção do que é fé, respeito e espiritualidade. Nós amamos essa cidade e queremos mostrar que nosso povo sabe respeitar o próximo, e que estamos nos unindo em um clima de paz e amizade, mas muito cientes do direito que temos de professar nossa fé.”

Segundo a União Wicca Brasileira (UWB), o Estado do Rio de Janeiro possuí o maior número de bruxos do país: cerca de 40 mil praticantes de bruxaria das mais praticadas vertentes. Para os curiosos que imaginam que as bruxas são as mesmas da ficção: com vassouras voadoras, risada maléfica, chapéu pontudo e assim por diante é a oportunidade de desconstruir tudo isso e conhecer pessoas que praticam o esoterismo e a bruxaria para conversar sobre o assunto com tempo, espaço e sem medo. Muitas perguntas serão respondidas, mas sem dúvidas despertará novos questionamentos. A entrada no evento é gratuita e algumas atividades são pagas a preços populares. Bebidas e lanches serão comercializados e a gastronomia será comandada pelo chef Sérgio Amorim.

SERVIÇO:
Caldeirão Ancestral – 4º Edição
Entrada Gratuita
Local: Gomeia Galpão Criativo, Rua Lauro Neiva, 32 – Duque de Caxias – RJ
Dia: 08 de fevereiro de 2020 – Horário: 12h às 22h
Maiores informações: acessar pesquisar no Facebook ou Instagram: Caldeirão Ancestral

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui