Foto: (Gabi Carrera)

A parte mais profunda do mar, um lugar tão escuro que só os animais que brilham conseguem ser vistos, foi a inspiração da equipe de Gringo Cardia para transformar em um universo mágico outro lugar muito escuro: a sala de Raio-X do Hospital Municipal Jesus (HMJ), em Vila Isabel, na Zona Norte do Rio. A unidade de saúde é exclusivamente voltada para o público infantil . Batizada de “Sala dos Robôs Submarinos” o novo espaço tem polvos, águas-vivas e outros seres aquáticos luminosos, aguardando o atendimento de cerca de 6 mil crianças por ano e a realização de aproximadamente 7,5 mil exames. A novidade foi criada pelo Instituto Desiderata.

O Hospital Municipal Jesus faz parte da rede pública de referência para o tratamento do câncer infantil no Rio e já tem um tomógrafo ambientado, o Submarino Carioca, em seu espaço de exames. Os espaços beneficiam todas as crianças atendidas pelo hospital, não apenas as que estão tratando o câncer.

O objetivo de Gringo Cardia ao criar esses ambientes é transportar as crianças para um espaço bem diferente da lógica hospitalar, mais próximo a um lugar de diversão que de um lugar de dor. Desde a sala de espera, os pequenos pacientes já são envolvidos no clima, com mergulhadores e peixes espalhados pelo mobiliário e por brinquedos interativos. Dentro da sala de Raio-X, o cenário é ainda mais mágico, e até a roupa de proteção do acompanhante faz parte da experiência: o capote de proteção radiológica tem adereços que fazem com que a pessoa se torne um dos robôs aquáticos.

A Sala dos Robôs Submarinos é o sétimo ambiente transformado pelo Instituto Desiderata para hospitais públicos em parceria com Gringo Cardia. O projeto de Humanização do instituto conta ainda com os Aquários Cariocas do Hospital dos Servidores, do IPPMG, do Hospital da Lagoa e do Hemorio, a Hospedaria Juvenil do Hemorio e o Submarino Carioca do Hospital Jesus.

Humanizar para tratar melhor

O que as experiências de humanização demonstram é que a ambientação tem um impacto muito positivo ao longo dos períodos de diagnóstico e tratamento das crianças, reduzindo, por exemplo, a necessidade de anestesias para a realização de alguns exames. Em pesquisa realizada pelo Instituto Desiderata, 86% dos cuidadores de crianças em tratamento apontaram a diminuição de seu nível de ansiedade e dor nestes ambientes, e 72% dos profissionais apontam uma reação menor da criança a procedimentos invasivos.

Ficha técnica
Criação/Direção: Gringo Cardia
Cenografia executiva: Beatriz Peregrino
Coordenação geral: Gringa Cardia/Mesosfera
Projeto Gráfico: Matheus Meira e Júlia Sampaio
Assistente de produção: Camila Fernandes (núcleo de trabalho Escola Fábrica de Espetáculos – Spectaculu)
Cenotécnico: Carlos Alberto de Lima Souza
Adereços: Atilla Neves
Pintura de arte: Jorge Alexandre
Produção gráfica: Studio Alfa
Costuras: Nice Tramontim
Brinquedos: Oficina da Serra

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui