Estado atual do Museu Cidade Olímpica, no Engenho de Dentro - Foto: Francini Augusto

Inaugurado em 2016 e projetado para ser um legado das Olimpíadas do Rio de Janeiro, o Museu Cidade Olímpica, situado na antiga oficina de trens do Engenho de Dentro, ao lado do Estádio Nilton Santos, na Zona Norte da capital fluminense, encontra-se fechado e em estado de abandono, inclusive com pichações. A informação inicial é da rádio ”BandNews FM”.

Enquanto estava ativo, o local dispunha de uma área onde os visitantes realizavam uma espécie de ”sobrevoo” no Rio, utilizando óculos de realidade ampliada e com bastante interatividade. A ideia era conhecer instalações olímpicas e pontos turísticos da cidade.

E o referido local não é o único que causa insatisfação aos moradores da região. A poucos metros dali, ainda na Rua Arquias Cordeiro e também inoperante, encontra-se o Museu do Trem, onde está localizado um importantíssimo acervo mobiliário e de locomotivas, como o Carro Imperial, construído na Bélgica em 1886 e que foi utilizado por D. Pedro II.

Vale ressaltar que o entorno local, além da presença do Estádio Nilton Santos, um dos mais importantes da cidade, tem uma área de lazer que costuma ficar bastante movimentada aos finais de semana.

De acordo com a Secretaria Municipal de Ciência e Tecnologia (SMCT), o Museu Cidade Olímpica já estava fechado desde a gestão anterior da Prefeitura (Marcelo Crivella) e a previsão de reabertura é para o segundo semestre deste ano.

1 COMENTÁRIO

  1. Administração Crivella foi um desastre total. Nós moradores da Major Rubens Vaz na Gávea, fomos ignorados em nossas reivindicações pela Secretaria de Urbanismo e pela CET-RIO no governo Marcelo Crivella. Foi dada uma licença de instalação de uma Escola da Franquia Maple Bear (Major Rubens Vaz 441) apesar de todo protesto dos moradores, apresentado em um abaixo assinado com mais de 100 assinaturas. Como disse o proprietário da franquia: “Vcs não sabem de nada”. Alguém sabe? Morador indignado e inconformado.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui