Foto: AFP/File

Um míssil é um projétil comandado que ao tentar acertar um alvo faz muito barulho e causa uma grande destruição ao redor. A definição serve, também, para a declaração do governador do Rio Wilson Witzel, que falou em lançar um míssil na Cidade de Deus, Zona Oeste do Rio.

A fala do governador é um desastre completo. Deflagra total falta de projeto para a segurança pública. Na ausência de ideias para solucionar este grave problema do Rio de Janeiro, Witzel propõem aumentar a já trágica situação.

Enquanto isso, à polícia civil faltam componentes químicos básicos para testes de DNA e outros exames periciais. A iluminação é precária nas instalações e impede a realização de tarefas. A rede elétrica não suporta a ligação na tomada dos equipamentos mais modernos. E não há detergente suficiente para limpar os vidros onde os exames são feitos com ajuda do microscópio. Responsabilidades do governo do estado.

Os problemas na PM não são muito diferentes e igualmente antigos. Melhorias de grande porte ainda não foram postas em práticas pelo governo do estado do Rio de Janeiro.

Durante a campanha, o tema da segurança pública foi tratado como prioridade por Wilson Míssil, digo, Witzel. No entanto, o que se viu até aqui foi uma demonstração de despreparo e falta de planejamento. Fazer flexão de braço, estar em helicóptero com a polícia atirando para baixo e posar com fuzis achando que é o Rambo mais atrapalha do que ajuda.

Em qualquer local desenvolvido, segurança pública se faz com inteligência, tecnologia, investigação, estrutura para as forças deste setor, preparo humano para os trabalhadores desta área, antecipação ao crime. O restante é exibicionismo ou estratégia que já deu errado, inclusive no Rio de Janeiro.

Até o momento, a gestão de Witzel nesta área tem sido como a ação de um míssil: muito barulhenta, obsoleta, de pouco resultado e causando cada vez mais estrago.

2 COMENTÁRIOS

  1. Ola Felipe
    Sugiro que voce de uma olhada no que o prefeito de Niteroi tem feito na area de seguranca, muito embora nao seja da alcada da prefeitura esse tema. Abs

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui